Taça de Portugal – Clássica de Santo Thyrso

Taça de Portugal – Clássica de Santo Thyrso

A segunda edição da Clássica de Santo Thyrso foi também a segunda prova pontuável para a Taça de Portugal.

A prova, com 137 quilómetros foi disputada num dia de muito frio e vento, que com alguma chuva à mistura pôs à prova a valentia dos ciclistas. Dos 129 corredores que alinharam à partida, houve 47 desistências o que mostra as dificuldades que a caravana teve de ultrapassar.

Créditos – Federação Portuguesa de Ciclismo

Desenrolar da corrida

A fuga do dia, foi composta por três ciclistas, Ivo Pinheiro, Carlos Guiñez e Adam Kus. Os ciclistas arrancaram passados 20 quilómetros da partida e chegaram a ter 2:20 minutos de vantagem para o pelotão.

A equipa da Sabgal-Anicolor tomou as rédeas do pelotão e impôs ritmo para alcançar os fugitivos. O trio de escapados acabou por ser alcançado a 40 quilómetros do fim da Clássica de Santo Thyrso, quando ainda faltavam as duas últimas voltas ao circuito tirsense.

O pelotão chegou compacto aos quilómetros finais e ao momento de decisão da corrida. Num final em subida e com o piso empedrado, Fábio Costa foi o mais forte. Com um poderoso sprint, o ciclista da ABTF Betão-Feirense chegou com dois segundos de vantagem sobre os segundos e terceiros classificados, Francisco Campos e César Martingil respetivamente.

João Martins da Rádio Popular-Paredes-Boavista, chegou na 11.ª posição e foi o melhor sub-23.

Créditos – Federação Portuguesa de Ciclismo

Classificação

Top 10

PosiçãoNomeTempo
1Fábio Costa03:29:57
2Francisco Campos+ 2s
3César Martingilm.t.
4André Carvalho+5s
5Pedro Pintom.t.
6Samuel Prolm.t.
7Luís Gomesm.t.
8Santiago Mesam.t.
9Tiago Antunesm.t.
10José Sousam.t.
Créditos – Federação Portuguesa de Ciclismo

Classificação Taça de Portugal

Com o segundo lugar na prova de hoje, Francisco Campos mantém-se no comando da Taça de Portugal de elites, com 140 pontos, mais cinco do que Fábio Costa e mais 35 do que Luís Gomes. Na categoria de sub-23, é Duarte Domingues quem continua na frente da geral com 140 pontos. Seguem-se João Martins e Alexandre Montez , ambos com 125.

A clássica da Arrábida é a próxima prova do pelotão nacional e disputa-se no dia 17 de março. A Taça de Portugal prossegue no dia 7 de abril, com a Clássica Aldeias do Xisto.

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

IRONMAN Cascais – Onde a Aventura e a Superação se encontram

IRONMAN Cascais – Onde a Aventura e a Superação se encontram

Volta a Portugal 2024 | Prólogo | Sabgal-Anicolor entra com tudo

Volta a Portugal 2024 | Prólogo | Sabgal-Anicolor entra com tudo

Tour de France 2024 – Distribuição do Prize Money

Tour de France 2024 – Distribuição do Prize Money

Pogacar Tour – Marcas históricas e registos supersónicos

Pogacar Tour – Marcas históricas e registos supersónicos

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais