Iúri Leitão na Volta ao Algarve

Iúri Leitão na Volta ao Algarve

Após o êxito na pista Iúri Leitão estará na Algarvia com a Caja Rural-Seguros RGA. Confere o calendário do campeão mundial e europeu!

O plano é simples, executá-lo com sucesso bem pelo contrário. O ano de 2024 será longo e o melhor sprinter português da atualidade quer ir com calma e colocando objetivos a curto prazo.

No entanto, como finalizador que é, há uma meta no horizonte: representar Portugal nos Jogos Olímpicos de Paris 2024, algo que nenhum homem conseguiu fazer no ciclismo de pista.

Até lá Iúri Leitão vai conciliando a atividade no velódromo pela seleção nacional com a época de estrada onde pelo terceiro ano representará a Caja Rural-Seguros RGA.

“Os objetivos são claros e passam por estar presente da melhor forma nos Jogos Olímpicos, mas sem nunca esquecer o calendário de estrada que, além de ser importante para mim e para a equipa, ajudam a dar um ponto de forma para a pista. Além de que, caso corram bem, ajudam muito na motivação.”

Iúri Leitão ao TopCycling.
Créditos: Sprint Cycling Agency

Na pista para selar o apuramento olímpico

A Caja Rural-Seguros RGA foi apresentada em Pamplona a seguir ao Europeu de Apelddorn, o que permitiu ao ciclista de Viana do Castelo mostrar o maillot conquistado graças ao título no scratch.

Iúri Leitão abre a época de estrada na Volta ao Algarve (14-18 de fevereiro) e vai manter em paralelo o foco na pista de modo a selar o apuramento olímpico.

“Vou fazer a Taça das Nações na Austrália [2 de fevereiro] e em Hong Kong [15 de março], além de correr em março uma prova C1 em Portugal [GP Internacional Pista Artur Lopes]. Na apresentação toda a gente estava a par do que se tinha passado no Europeu e estavam bastante contentes. Todos me deram os parabéns e ficam motivados por sentirem que a equipa está em forma.”

Para já 2024 não podia ter começado melhor, não só pela exibição no Europeu, mas também pela maneira convincente como dominou todas as provas dos Campeonatos Nacionais.

Créditos: Sprint Cycling Agency

Sem vencer na Vuelta a Espanha desde 2012

A estrutura baseada na comunidade de Navarra venceu em 16 ocasiões em 2023 e realizou a melhor época das últimas oito. Leitão (cinco vitórias além dos títulos de campeão do mundo de omnium) e o venezuelano Orluis Aular (sete vitórias ) líderaram os homens de verde.

O ponto alto da época de estrada do corredor de 25 anos foi a vitória na Volta à Croácia num sprint em que bateu Alexander Kristoff e Elia Viviani.

Quanto à Caja Rural-Seguros RGA, apesar de nove top 10 continua sem vencer na Vuelta a Espanha desde 2012, quando António Piedra conquistou os Lagos de Covadonga.

O pentacampeão do Tour, Miguel Indurain, assistiu à apresentação da Caja Rural.
Créditos: Sprint Cycling Agency

A um triunfo de ser centenária

A 15ª época da formação espanhola no pelotão conta apenas para da história de uma estrutura que existe há 36 anos.

O respeito pelo trabalho realizado notou-se na plateia do auditório onde decorreu a apresentação: marcaram presença o campeão olímpico Samuel Sánchez, o navarro Miguel Induráin e o trepador Mikel Nieve, que se retirou a época passada ao serviço da equipa.

Para 2024 um aliciante: com 99 vitórias, a Caja Rural-Seguros RGA está a um triunfo de ser centenária! A filosofia é manter a aposta na formação e exportar talentos para o WorldTour – com Jon Barrenetxea na Movistar são 27 os corredores que vestiram de verde que subiram à máxima categoria.

Noticias relacionadas

Specialized apresenta a nova Chisel

Specialized apresenta a nova Chisel

Todos os olhos no campeonato nacional de ciclismo!

Todos os olhos no campeonato nacional de ciclismo!

Review – Sapatos Trek Velocis: O que dizer após 1000 km’s.

Review – Sapatos Trek Velocis: O que dizer após 1000 km’s.

Johansen vence 8.º Grande Prémio ANICOLOR

Johansen vence 8.º Grande Prémio ANICOLOR

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais