Ciclista da Trek-Segafredo, Ellen van Dijk pulverizou o recorde da hora

Ciclista da Trek-Segafredo, Ellen van Dijk pulverizou o recorde da hora

A ciclista da Trek-Segafredo Ellen van Dijk bateu hoje o recorde da Hora UCI feminino, percorrendo a distância de 49,254 quilómetros na pista do “Tissot Velodrome” em Grenchen (Suíça).

Foi um desempenho excepcional da Campeã do Mundo de contrarrelógio de 2021, que bateu o anterior recorde de 48.405 km estabelecido pela britânica Joscelin Lowden no mesmo Tissot Velodrome em 30 de setembro de 2021.

Neste nosso artigo fizemos a antevisão do evento, e na passada sexta-feira estive numa conferência de imprensa on-line com Ellen, na qual tive a oportunidade de colocar algumas questões.

Luís Beltrão: Quando surgiu a ideia do recorde da hora? Era um objectivo teu de carreira, foi uma ideia da equipa Trek-Segafredo, ou uma ideia da empresa Trek?

Ellen van Dijk: Desde que assinei pela Trek-Segafredo foi um objectivo que tinha em mente, e achámos que este ano era o momento certo.

Luís Beltrão: Em 2021 fizeste uma temporada fantástica aos 34 anos, agora aos 35 anos vais à procura de bater o recorde da hora. Como Explicas que as principais referências do ciclismo feminino tenham o seu melhor momento depois dos 30, enquanto no pelotão masculino são os mais jovem que têm dominado os últimos anos?

Ellen van Dijk: Interessante pergunta. Talvez a fisiologia nas mulheres seja diferente, mas acima de tudo creio que é a experiência das ciclistas mais velhas que tem ditado essa tendência.

Mais complexo do que se imagina

Ellen van Dijk explicou ainda que não há muitas mulheres (e homens) a tentarem este recorde porque não basta ser bom contrarrelogista, isto é uma disciplina diferente, além de uma preparação específica é necessário muito staff e dinheiro para o fazer, há um grande investimento envolvido de várias partes.

Não é algo que se pense fazer hoje, e se faça amanhã.

Hoje, após sua conquista, Ellen van Dijk disse:

“Quando comecei, vi a linha preta e depois voltei a vê-la por 190 e poucas voltas, acho. No início… fiz exatamente o que planeámos fazer. Se eu me saísse bem, queria acelerar na segunda parte, mas em vez disso diminuí um pouco a velocidade.

“Aos 45 minutos eu pensei “ok, preciso acelerar”. Eu pensei que estava a conseguir, mas acho que estava apenas diminuir a velocidade. Isto significava que estava feito hoje, não conseguia dar mais, e estou muito feliz por ter conseguido o recorde.”

“Todo este projeto foi tão incrível para mim, toda a construção foi uma ótima experiência. Não poderia desejar mais apoio de Trek, foi realmente o melhor que já tive”,

disse van Dijk

O hitórico do recorde da hora UCI Feminino cronometrado pela Tissot:

  • 23.05.2022: Ellen van Dijk (NED), Tissot Velodrome, Grenchen (SUI), 49.254 km
  • 30.09.2021: Joscelin Lowden (GBR), Tissot Velodrome, Grenchen (SUI), 48.405km
  • 13.09.2018: Vittoria Bussi (ITA), Velódromo Bicentenário, Aguascalientes (MEX), 48.007km
  • 27.02.2016: Evelyn Stevens (EUA), Colorado Springs Olympic Training Center Velodrome (EUA), 47.980km
  • 22.01.2016: Bridie O’Donnell (AUS), Super-Drome de Adelaide (AUS), 46.882km
  • 12.09.2015: Molly Shaffer Van Houweling (EUA), Velodromo Bicentenario, Aguascalientes (MEX), 46.273km

O Recorde da hora UCI masculino cronometrado pela Tissot é detido pelo belga Victor Campenaerts, que percorreu 55.089 km no Velodromo Bicentenario em Aguascalientes (México), em 16 de abril de 2019.

Uma bicicleta desenvolvida para este desafio histórico

A Trek Speed Concept de Ellen van Dijk

O recorde da hora requer uma bicicleta especial. Para que o esforço seja reconhecido oficialmente, ele deve ser feito numa bicicleta de pista regulamentada, o que significa principalmente que deve ter um só carreto fixo – não são permitidas mudanças.

Ellen van Dijk já conhecia a Trek Speed Concept tendo inclusive vencido um Campeonato do Mundo, nenhum outro quadro serviria.

Mas para preparar a Speed Concept do recorde da hora, a Trek teve que colocar os seus melhores designers e engenheiros para criar uma bicicleta que pudesse fazer o trabalho

Glen Leven, um dos gestores de apoio da equipa Trek-Segafredo, juntamente com Koen de Kort, lembrou que van Dijk falou que estava no momento de tentar o recorde da hora no estágio de equipa em dezembro.

Na altura, uma data de primavera foi sugerida para a tentativa, e Leven estava preocupada que não houvesse tempo suficiente para preparar a bicicleta.

Adquirir peças seria difícil, para não mencionar a tarefa de transformar uma Speed Concept numa bicicleta de pista de carreto fixo, mas conseguiram.

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Tour de France 2022 – Etapa 1

Tour de France 2022 – Etapa 1

Specialized lança novos capacetes – S-Works Prevail 3 e Evade 3

Specialized lança novos capacetes – S-Works Prevail 3 e Evade 3

Trek lança a nova Trek Madone SLR – Com inovadora tecnologia IsoFlow

Trek lança a nova Trek Madone SLR – Com inovadora tecnologia IsoFlow

Tour de France 2022 – Guia Topcycling.pt

Tour de France 2022 – Guia Topcycling.pt

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos