Volta a Portugal 2021 – Resumo etapa 7

Volta a Portugal 2021 – Resumo etapa 7

A etapa 7 da 82.ª Volta a Portugal foi mais uma etapa de perfil ondulado, uma etapa de montanha com 193 quilómetros (a mais longa da Volta) entre Felgueiras e Bragança.

A fuga do dia só se conseguiu formar depois do quilómetro 35 e foi numerosa, com Ricardo Mestre (W52-FC Porto), Juan Diego Alba , Juri Hollmann e Mathias Norsgaard Jorgensen (Movistar), Juan Lopez-Cozar e Juan Felipe Osorio (Burgos-BH), Diego Lopez Fuentes (Kern Pharma), Ben King e Gavin Mannion (Rally Cycling), Rafael Reis (Efapel), Gonçalo Amado (Antarte-Feirense), Adrian Bustamante (Kelly/Simoldes/UDO), aos quais se Juntaram Roniel Campos (Louletano-Loulé Concelho) e Joaquim Silva (Tavfer-Measindot-Mortágua) momentos depois.

Depois da ultima subida da etapa, à Serra da Nogueira, dois dos elementos da Efapel que vinham na fuga lançaram-se ao ataque na descida, Rafel reis e Luís Mendonça destacaram-se dos restantes. Luís Mendonça levou Rafael Reis até aos últimos 6 quilómetros e depois o melhor de todos os roladores em prova “só teve” que ir até à linha de meta sem deixar que alguém lhe desse caça.

Benjamin King (Rally Cycling) sprintou para segundo e Diego López (Kern Pharma) fechou na terceira posição.

A estratégia da Efapel resultou em pleno. Não só venceu a quarta etapa da equipa nesta Volta, como está novamente com a Camisola Amarela Santander. Rafael Reis regressa ao comando da corrida, quando faltam três etapas para o fim.

Faltam quatro dias para o final da Volta a Portugal, entramos na fase decisiva para quem quer vencer a classificação geral e advinham-se dias com mais espetáculo. A equipa W52 Fc-Porto tem estado até agora mais reservada, mostrando claramente que só a vitória da classificação geral lhe interessa, pelo que nos próximos dias se espera que esteja ao ataque.

Independentemente do desfecho desta Volta a Portugal, a equipa da Efapel já é uma das vencedoras, leva 4 etapas e é a equipa que mais espetáculo tem dado até agora, muito graças a Rafael Reis, um dos melhores ciclistas do pelotão nacional que está a ter nesta temporada, e em particular nesta edição da Volta a Portugal, os resultados de maior destaque da sua carreira.

TOP 10 da Etapa

POS.NOMEEQUIPATEMPO
1REIS RAFAELEFAPEL04:35:30
2KING BENJAMINRALLY CYCLING04:35:46
3LOPEZ FUENTES DIEGOEQUIPO KERN PHARMA04:35:46
4SILVA JOAQUIMTAVFER-MEASINDOT-MORTÁGUA04:35:47
5MORENO ADRIABURGOS-BH04:35:48
6BUSTAMANTE ADRIANKELLY / SIMOLDES / UDO04:35:48
7LOPES PEDROKELLY / SIMOLDES / UDO04:35:48
8MORENO JAVIEREFAPEL04:35:48
9MEIRELES NUNOLOULETANO – LOULÉ CONCELHO04:35:48
10GARCIA DE MATEOS VICENTEANTARTE – FEIRENSE04:35:49

TOP 10 classificação geral após etapa 7

POS.NOMEEQUIPATEMPO
1REIS RafaelEFP31:11:46
2MARQUE AlejandroATMa 28
3ANTUNES AmaroW52a 33
4MORENO JavierEFPa 36
5LOPEZ FUENTES DiegoEKPa 44
6FIGUEIREDO FredericoEFPa 53
7VILELA RicardoW52a 1:16
8GARCIA DE MATEOS VicenteCDFa 1:18
9SILVA JoaquimTAVa 1:23
10MOREIRA MauricioEFPa 1:29

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Melgaço candidata-se à organização dos Europeus de XCO em 2025

Melgaço candidata-se à organização dos Europeus de XCO em 2025

Tom Pidcock avalia principais rivais e demonstra ambição no Ciclocrosse

Tom Pidcock avalia principais rivais e demonstra ambição no Ciclocrosse

A história do roubo da bicicleta de Geraint Thomas

A história do roubo da bicicleta de Geraint Thomas

Taça de Portugal de Ciclocrosse – Abrantes

Taça de Portugal de Ciclocrosse – Abrantes

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos