Tour de France 2024 | Etapa 9 | ProTeam vence no Tour

Tour de France 2024 | Etapa 9 | ProTeam vence no Tour

Dia de sterrato no Tour de France antes do primeiro dia de descanso desta edição. Numa etapa com 200 quilómetros, pequenas colinas e 14 setores de terra, a corrida foi muito rápida e atacada num domingo espetacular de ciclismo.

Créditos: A.S.O./Charly Lopez

Classicómanos em fuga

A nona etapa do Tour da France, dava oportunidade aos ciclistas das clássicas de vencer e a fuga do dia foi prova disso com vários classicómanos em fuga. Pidcock, Stuyven, Healy, Van Gils, Gee, Zingle, Aranburu, Romo, Lutsenko e Turgis adiantaram-se ao pelotão e formaram a fuga do dia.

Atrás, o pelotão rodava a uma média de mais de 45 quilómetros por hora e ia selecionando o grupo dos favoritos à medida que os quilómetros e os setores iam passando.

Favoritos ao ataque

A 78 quilómetros da meta, Remco Evenepoel atacou sendo seguido por Tadej Pogačar e Jonas Vingegaard. Apesar de se distanciarem, ambos reentraram no grupo dos favoritos uns quilómetros depois.

A fuga ia sobrevivendo e seguia com uma vantagem de um minuto sobre um pelotão já muito reduzido comandado pela UAE Team Emirates e pela Visma-Lease a Bike.

A situação de corrida manteve-se até aos 40 quilómetros finais quando os setores de sterrato começavam a ser mais regulares.

Foi nesta altura que vários ciclistas atacaram do grupo dos favoritos com Van der Poel, Girmay e Rui Costa entre os ciclistas que tentavam chegar à frente da corrida.

A 20 quilómetros para o fim, Tadej Pogačar atacou de novo mas foi seguido pelos elementos da Visma-Lease a Bike, tendo os restantes favoritos se juntado mais à frente. Enquanto isso, os ataques no grupo dos fugitivos iam-se sucedendo.

Quilómetros finais muito atacados

Os últimos quilómetros foram muito atacados no grupo dos fugitivos. Foi num destes ataques que Jasper Stuyven conseguiu sair e correu os quilómetros finais sozinho mas foi alcançado no último quilómetro.

Foram seis os sobreviventes da fuga que lutaram pela etapa ao sprint. Deste sexteto, Anthony Turgis foi o mais forte e deu uma importante vitória à TotalEnergies. Pidcock fez segundo e Derek Gee fez terceiro.

Rui Costa fez uma etapa sempre bem colocado e chegou no segundo grupo de escapados na posição 13. João Almeida chegou no grupo dos favoritos tendo Nélson Oliveira desligado-se cedo da corrida.

Vídeo resumo

Top 10 da Etapa

PosiçãoCiclistaTempo
1 TURGIS Anthony 4:19:43
2 PIDCOCK Thomas ,,
3 GEE Derek ,,
4 ARANBURU Alex ,,
5 HEALY Ben ,,
6 LUTSENKO Alexey ,,
7 ROMO Javier 0:12
8 STUYVEN Jasper 0:18
9 GIRMAY Biniam1:17
10 MATTHEWS Michael,

Top 10 Classificação Geral

PosiçãoCiclistaTempo
1 POGAČAR Tadej35:42:42
2 EVENEPOEL Remco0:33
3 VINGEGAARD Jonas1:15
4 ROGLIČ Primož1:36
5 AYUSO Juan2:16
6 ALMEIDA João2:17
7 RODRÍGUEZ Carlos2:31
8 LANDA Mikel3:35
9 GEE Derek4:02
10 JORGENSON Matteo4:03

Etapa 10

Na décima etapa, volta a oportunidade para os sprinters lutarem pela etapa, depois do dia de descanso de segunda-feira.

Fonte: Site oficial da prova

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Tour de France: Etapa 18 – Brilham os Homens das Clássicas

Tour de France: Etapa 18 – Brilham os Homens das Clássicas

Tour de France 2024 | Etapa 17 | Todos querem vencer

Tour de France 2024 | Etapa 17 | Todos querem vencer

João Almeida: “Serei co-líder na Vuelta”

João Almeida: “Serei co-líder na Vuelta”

Tour de France 2024 | Etapa 16 | Luta pela Verde ao rubro

Tour de France 2024 | Etapa 16 | Luta pela Verde ao rubro

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais