“Tadej Pogacar seria mais rápido se não tivesse Colnago” – Opinião de Tom Boonen

“Tadej Pogacar seria mais rápido se não tivesse Colnago” – Opinião de Tom Boonen

O ex-ciclista profissional belga, Tom Boonen (4 vezes vencedor do Paris-Roubaix, 3 vezes do Tour de Flandres, entre outras grandes vitórias no seu recheado palmarés), disse no Podcast do Sporza, Wielerclub Wattage, que se Pogacar tivesse a bicicleta da Jumbo-Visma, Ineos ou Quick-Step, seria ainda mais rápido.

2016 – Tom Boonen – Paris – Roubaix

De acordo com o Tom Boonen e Dirk De Wolf (vencedor de uma Liège-Bastogne-Liège) , que também participa no referido podcast, pedalando numa Colnago Tadej Pogacar está em desvantagem em relação aos adversários.

“Se Tadej Pogacar tiver a bicicleta da Jumbo-Visma, Ineos ou Soudal-Quick Step amanhã, os outros não terão hipótese…”

Disse Dirk De Wolf

Na opinião de Tom Boonen, embora a Colnago tenha evoluído nos últimos anos, é uma bicicleta “da velha guarda” e ainda não está tão evoluída como as outras 4 ou 5 marcas de topo.

“Entre os 5 principais fabricantes não existe muita diferença, mas quando comparamos esses cinco com os 10 fabricantes seguintes, há diferença de qualidade.”

Acrescentou o experiente Tom Boonen

“Estou convencido de que a Colnago vai crescer, mas eles voltaram à estrada recentemente…

… quase faliram há alguns anos atrás, tiveram que começar de novo, mas não vais de 0 a 100 num ano na indústria de bicicletas.”

concluiu Boonen. 

Recorde-se que apesar de sua longa história, por dificuldades financeiras em 2020 o fundador da empresa Ernesto Colnago, de 88 anos, teve que vender a sua participação maioritária ao fundo de investimento Chimera Investments LLC, que tem sede em Abu Dhabi.

Colnago reage

Entretanto os responsáveis da Colnago reagiram ao episódio, que foi noticiado em vários meios da imprensa internacional.

A marca italiana desafiou Tom Boonen a ir testar as suas bicicletas e solicitou uma conversa pública, abordando os dados que fundamentem a afirmação de que Pogacar seria cerca de 2km/h. mais rápido noutra bicicleta.

Depois esses dados terão que ser comparados com os dados aerodinâmicos da Colnago V4Rs, lançada recentemente, acompanhada de dados e valores aerodinâmicos conseguidos em testes no túnel de vento, divulgados no “white paper” (documento descritivo da bicicleta, no qual além de Tadej Pogacar, consta também João Almeida).

De acordo com o CEO da Colnago, Nicola Rosin, a marca não tem qualquer feedback negativo por parte da equipa UAE Team Emirates ou da UAE Team ADQ em relação às bicicletas fornecidas para ambas. 

“As performances do UAE Team Emirates são uma prioridade de alto nível para a Colnago. Consequentemente, investimos milhões de euros e muito tempo no desenvolvimento das suas bicicletas”,

disse o CEO da Colnago, Nicola Rosin. 

Nicola Rosin adiantou ainda que a marca trabalha lado a lado com a UAE TEam Emirates e UAE Team ADQ, primeiro para entender o que os ciclistas pretendem e depois para garantir que lhes seja fornecido o que desejam.

Segundo o CEO da Colnago os ciclistas da equipa estão altamente satisfeitos com o equipamento que lhes tem sido entregue.

Tadej Pogacar e o fundador da marca, Ernesto Colnago

Tadej Pogacar corre com Colnago desde o ingresso na UAE Team Emirates, em 2019, antes disso corria na equipa eslovena da Ljubljana Gusto Xaurume, que utilizava bicicletas Gusto.

Tadej Pogacar assume a liderança do Paris-Nice, após vencer a etapa 4 com superioridade.

Os resultados de Tadej Pogacar com as bicicletas Colnago são conhecidos em todo o mundo e por enquanto, deitam por terra qualquer teoria acerca da “lentidão” das bicicletas da marca italiana com o seu desempenho na estrada, onde continua a deixar a comunidade do ciclismo boquiaberta.

Por: Luís Beltrão

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais YoutubeInstagramTwitter e Facebook.

Noticias relacionadas

Specialized apresenta a nova Chisel

Specialized apresenta a nova Chisel

Todos os olhos no campeonato nacional de ciclismo!

Todos os olhos no campeonato nacional de ciclismo!

Review – Sapatos Trek Velocis: O que dizer após 1000 km’s.

Review – Sapatos Trek Velocis: O que dizer após 1000 km’s.

Johansen vence 8.º Grande Prémio ANICOLOR

Johansen vence 8.º Grande Prémio ANICOLOR

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais