João Silva (Kelly-Simolde-UDO) vence Volta a Portugal do Futuro

João Silva (Kelly-Simolde-UDO) vence Volta a Portugal do Futuro

O ciclista de Gondomar assumiu a liderança na terceira etapa, que terminou no alto de São Macário. O corredor de 20 anos conseguiu segurar a camisola amarela com as unhas de Duarte Mixão e os dentes de Noah Campos, os dois companheiros de equipa o ajudaram na última etapa.

Da esquerda para a direita: Duarte Mixão, João Silva, Noah Campos e o diretor Manuel Correia – Créditos Kelly Simoldes-UDO

A etapa rainha da competição centrava-se essencialmente no alto de São Macário, à terceira etapa. Mas a chuva também quis ser protagonista e agravou as condições, principalmente, no final da etapa. A vitória sorriu a Vicente Rojas Naranjo (Supermercados Froiz), ciclista que assinou pela equipa italiana Bardiani, para a próxima temporada. Mas foi João Silva quem sorriu mais alto e assumiu a liderança na competição após cruzar a linha de meta no quarto lugar. À partida para a última etapa o ciclista da Kelly-Simoldes-UDO tinha que defender uma escassa liderança de nove segundos para o ciclista e chileno e para Daniel Jimenez, dois corredores da equipa espanhola, Supermercados Froiz.

Vitória na terceira etapa de Vicente Naranjo – Créditos Volta a Portugal

A última etapa partiu junto à costa, em Murtosa e terminou com circuito em Àgueda. João Silva apenas tinha dois corredores para o ajudar a defender a sua liderança. Uma fuga de 14 ciclistas destacou-se e conseguiu disputar a última etapa. Tiano Da Silva, da Santa Maria da Feira-Segmento d’Epoca, venceu com três segundos de vantagem para os restantes fugitivos. Já João Silva, chegou inserido no pelotão, sem ceder qualquer segundo para os rivais diretos.

Pódio final da Volta a Portugal do Futuro – Créditos Volta a Portugal

A Volta a Portugal do Futuro teve vencedores de etapa espanhóis, britânicos, chilenos e sul-africanos mas foi um português quem venceu a competição. Duarte Domingues (Glassdrive/Q8/Anicolor) venceu a juvetude, Sérgio Saleiro (Fonte Nova-Felgueiras) a montanha e Owen Lightfoot (Maglia Tecnosylva Bembibre) os pontos. A Supermercados Froiz venceu coletivamente e colocou Vicente Rojas Naranjo e Daniel Jimenez no segundo e terceiro lugar do pódio, respetivamente.

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Paris – Roubaix Challenge | Como ir viver o inferno do norte

Paris – Roubaix Challenge | Como ir viver o inferno do norte

Alice Segre no Desertus Bikus 

Alice Segre no Desertus Bikus 

Um português e um belga entram num bar

Um português e um belga entram num bar

Paris-Roubaix 2024 – MVDP

Paris-Roubaix 2024 – MVDP

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais