Iúri Leitão tricampeão europeu!

Iúri Leitão tricampeão europeu!

Vianense venceu o scratch no Europeu de Apeldoorn, nos Países Baixos. Maria Martins 8ª no omnium ao terceiro dia dos Campeonatos.

Pelo oitavo Campeonato da Europa consecutivo Portugal conquista uma medalha na pista e muito se deve a esta geração que ano após ano eleva a fasquia da seleção nacional.

Após no dia anterior a medalha ter sido de “chocolate, graças ao 4º lugar no madison, Iúri Leitão voltou à pista sem pressão para fazer desfrutar quem o viu correr. Exibição de classe perante um bom pelotão que se apresentou no scratch, mas que sucumbiu perante a potência do campeão do mundo do omnium.

Ao longo das 60 voltas à pista a capacidade de gestão do esforço por parte de Leitão foi magnífica e quando o pelotão já se preparava para o sprint final chegou o ataque demolidor a nove voltas da conclusão do evento.

“É muito importante começar um ano tão importante como este com o pé direito. Depois do bom desempenho no madison, ontem, venceu o scratch é muito encorajador para tudo o que temos pela frente neste ano e é a recompensa por todo o trabalho que temos vindo a realizar.”

Iúri Leitão

É o terceiro título europeu no scratch para Iúri Leitão após 2022 e 2020. Pelo meio também Rui Oliveira, que corre o omnium no sábado, também ganhou o ouro na disciplina.

Créditos: Roberto Bettini/SprintCyclingAgency

Em pista esteve também Maria Martins

O dia em Apeldoorn foi vivido intensamente pela seleção nacional já que em pista esteve também Maria Martins na disciplina olímpica do omnium. A ribatejana começou tremida com a 14ª posição no scratch, mas subiu o nível sendo 6ª na tempo race e na eliminação.

À partida para a decisiva corrida por pontos Tata Martins era 10ª na geral, mas graças a uma tática de corrida agressiva conseguiu subir dois lugares e fechar nas oito primeiras. O resultado permite aumentar a diferença face às concorrentes diretas na batalha pela vaga olímpica – Portugal fez melhor do que Lituânia, Espanha e Chéquia.

A norueguesa Anita Stenberg venceu o título do omnium.

“A Maria fez um concurso regular e com muito bom nível, cumprindo os objetivos que tínhamos traçado. Está de parabéns. No contexto da qualificação olímpica, demos aqui um bom contributo o apuramento, aumentando a diferença para as nações que estão fora dos lugares de qualificação.”

Gabriel Mendes, selecionador nacional

Noticias relacionadas

Volta à Suíça – Etapa 5 – Espetáculo de João Almeida

Volta à Suíça – Etapa 5 – Espetáculo de João Almeida

Granfondo Portimão 2024 – O ultimo desafio do ano

Granfondo Portimão 2024 – O ultimo desafio do ano

Volta a Suíça – Resumo da Etapa 4

Volta a Suíça – Resumo da Etapa 4

António Morgado na Volta à Eslovénia

António Morgado na Volta à Eslovénia

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais