iGPSPORT IGS 630 e acessórios – Review completa

iGPSPORT IGS 630 e acessórios – Review completa

A iGPSPORT é uma marca criada no coração em Wuhan- China, fundada em Setembro de 2012. A empresa desenvolve tecnologia, hardware, dispositivos de treino e serviço de dados para o desporto.

Testámos durante 2 meses, o iGS630 e alguns dos acessórios da marca chinesa, para quem não tiver paciência de ler o restante, adiantamos que não se trata somente de uma marca mais barata (até porque não é assim tão mais barata), mas sim de um equipamento que revelou ser completo, de fácil utilização e com qualidade.

Vídeo

No vídeo Luís Beltrão faz o “Unbox” mostrando todo o equipamento, assim como o teste, falando e mostrando a experiência de utilização.

O dispositivo IGS 630

Entre os vários ciclo computadores disponíveis no catálogo da iGPSPORT, o IGS 630 é o equipamento topo de gama da marca.

Revelou-se um equipamento fácil de usar, capaz de satisfazer as necessidades tanto de ciclistas principiantes (pelo preço), como de experientes, visto que apesar do preço ser 219,00€, possui uma variedade de recursos bastante completa, como o ecrã a cores, navegação, conectividade com vários sensores, pontenciómetros, telefone (permite ver notificações no ecrã do equipamento), ou rolos de treino.

O ecrã

Apesar de ser um topo de gama, a iGPSPORT ainda não aposta no ecrã tátil (tal como a Wahoo por exemplo), sendo a navegação entre os menus feita através de seis botões, facilmente identificáveis. Não considero isto um ponto negativo, ou falta de ter esta característica, visto que a experiência com ecrãs táteis neste tipo de equipamentos em tempo de chuva não é positiva.

O tamanho de 2.8 polegadas é suficiente para visualizar bem até 10 campos de informação, podendo alguns desses campos ser apresentados em gráficos e com cores que permitem distinguir bem a diferente informação.

Quando ligado, o ecrã principal do iGS630 apresenta seis opções principais de menu e três temas disponíveis para alterar a aparência. O equipamento suporta até oito perfis de utilizador, quatro já definidos, nos quais o nome pode ser alterado (Estrada, Gravel, BTT, etc.), havendo opção de adicionar mais quatro.

Design e características de topo

Sinceramente, se o equipamento não tivesse na parte frontal o logotipo da iGPSPORT, quando o seguramos e premimos os botões é facilmente confundido com um Garmin ou Wahoo, nota-se robustez e qualidade no toque dos botões e o ecrã de 2,8 polegadas nada fica a dever à concorrência.

Outras características interessantes são a autonomia anunciada da bateria, até 35 horas e o encaixe no suporte “tipo Garmin”, estilo um quarto de volta, que permite que o equipamento seja utilizado inclusive noutros suportes deste género.

Dentro da caixa do equipamento também é fornecida uma película de proteção do ecrã, um acessório prático e que não encontramos noutras marcas de referência.

Banda Cardíaca

A banda cardíaca está ao nível de uma topo de gama de outras marcas de referência. Bastante leve, minimalista e confortável.

A sincronização com o dispositivo é rápida e simples. Adapta-se perfeitamente ao corpo, não se nota a sua presença quando estamos em pleno exercício e não descai do local onde é colocada.

A banda cardíaca da iGPSPORT está ao nível de uma Garmin ou Wahoo.

Navegação

Testei a navegação em em duas situações, numa primeira vez na zona onde costumo pedalar, carreguei um percurso habitual e vi como o equipamento fazia corretamente a navegação, notei-o eficiente, apesar de o estar a utilizar numa zona que conheço.

Decidi levar o iGPSPORT para o evento Gravel Challenge de Albufeira, um evento de 2 etapas que são feitas em navegação.

Numa zona desconhecida e pedalando mais rápido, muitas vezes em percurso fora de asfalto, notei algumas limitações se o compararmos com outros equipamentos de referência, nomeadamente, o facto de demorar (um pouco mais que outros) em actualizar e dar indicações de viragem, faltar alguma informação de trilhos quando em fora de asfalto. No entanto, não ficamos perdidos, ele cumpre a função de navegar.

Créditos imagem: Eduardo Campos

Assim como noutros equipamentos deste género, o iGS630 permite que carreguemos percursos com ficheiros GPX diretamente no equipamento, através da ligação com cabo USB ao computador, ou carregando na aplicação da IGS e depois passando desta para o equipamento. (Ver vídeo).

Não testei fazer um percurso na própria aplicação, mas foi simples carregar os percursos que tinha no computador.

Em navegação, assim como noutros equipamentos de topo, é possível ter na página da rota de navegação e mais alguns ecrãs à escolha do utilizador.

Quando estás a pedalar, o percurso selecionado aparece como uma linha azul na visualização do mapa. A navegação curva a curva é mostrada como setas esquerda/direita e uma sobreposição de distância conforme nos aproximamos do ponto de viragem. 

Se já utilizaste anteriormente a opção de redirecionamento (no caso de saíres da rota do percurso), sentirás falta dessa opção, pois o iGS630 apenas mostra uma seta vermelha para te ajudar a encontrar o o ponto mais próximo da tua rota. 

A aplicação IGS

Bem como outras marcas, a iGPSPORT desenvolveu a aplicação da marca para auxiliar o interface com o equipamento, controlar o desenvolvimento do treino, ou carregar percursos. A aplicação está disponível no tanto no Google Play para o sistema Android, como na App Stores para o sistema IOS da Apple.

Pelo que soube na partilha de mensagens com outros seguidores do Topcycling, a antiga aplicação era um “tendão de Aquiles” da marca, pois não oferecia um bom emparelhamento com outras aplicações como o Strava e os telemóveis.

Esta aplicação é mais recente e aparentemente foi bastante melhorada, porque esse emparelhamento faz-se de forma simples com o telefone.

Somente tive algumas dificuldades em sincronizar com o Strava, tive que desemparelhar do telefone e voltar a emparelhar para, à segunda tentativa consegui a sincronização com o Strava.

Na aplicação, os últimos treinos realizados e a progressão ao longo da semana ou mês, são constantemente apresentados, dando de forma rápida a informação e “noção” da evolução do utilizador nesse período.

Poderá não ser uma aplicação tão refinada com outras mas apresenta os dados suficientes tanto para um ciclista principeante como para um experiente.

De realçar ainda que além do Strava, a aplicação está preparada para fazer uma fácil sincronização com o Trainigpeaks, permitindo extrair os treinos para o IGS 630, deixando-os prontos a ser utilizados no terreno.

Restantes acessórios

Tanto o suporte, como a capa de silicone, sensores de velocidade e de cadência revelam ser acessórios ao nível dos melhores do mercado. A sincronização dos sensores é bastante simples e complementam a informação para quem deseja fazer um treino mais completo (Ver vídeo).

A melhorar

Não sei se será justo apontar pontos menos bons neste equipamento, tendo em conta o preço dele e o que já oferece, ainda assim deixo algumas observações sobre o que na minha opinião pode ser melhorado.

A aplicação (apesar de melhorada e útil), não está tão desenvolvida como a do “gigante” Garmin, a falta da opção de emparelhamento bluetooth com luzes, ou a falta de redirecionamento para o percurso (no caso de sair dele) quando estamos em modo navegação são coisas de que senti falta relativamente a outros equipamentos de topo.

Em navegação, os mapas podem ser melhorados e mais completos em próximas versões. Em asfalto não se nota, mas fora de asfalto nota-se falta de alguns caminhos e trilhos.

Veredicto final

Em resumo o iGS630 é um ciclo computador GPS com bom preço, mas não se trata só do factor preço, é um produto que apresenta qualidade e altamente configurável. 

Se pensas adquirir o teu primeiro ciclo computador, seja para treinar, registar as tuas voltas ou navegar, por pouco mais de €200,00 o encontras no iGS630 um equipamento com características premium, e uma bateria de alta autonomia.

A opção dos gráficos e o ecrã a cores oferecem uma informação fácil de ler.

Por: Luís Beltrão

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

A Nova Cannondale SuperSix EVO do Campeão Nacional Rui Costa

A Nova Cannondale SuperSix EVO do Campeão Nacional Rui Costa

Specialized apresenta a nova bicicleta Status 2

Specialized apresenta a nova bicicleta Status 2

Cervélo Áspero 2024 | Review

Cervélo Áspero 2024 | Review

A nova Top Fuel da Trek | Mais leve e mais versátil

A nova Top Fuel da Trek | Mais leve e mais versátil

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais