Eurosport garante a volta à Grã-Bretanha para os próximos 5 anos

Eurosport garante a volta à Grã-Bretanha para os próximos 5 anos

A SweetSpot, organizadora da corrida e o Eurosport, Casa do Ciclismo na Europa, anunciaram uma nova aliança para oferecer a Volta à Grã-Bretanha masculina e feminina na Eurosport App e na Global Cycling Network a partir de 2021 e durante os próximos cinco anos.

A organização da Volta à Grã-Bretanha masculina e feminina (Tour of Britain e Women’s Tour) anunciaram esta terça-feira um novo acordo com o Eurosport e a Global Cycling Network (GCN) que permitirá aos fãs de ciclismo desfrutar de duas das corridas mais prestigiadas do Reino Unido durante os próximos cinco anos.

Os fãs vão poder desfrutar pela primeira vez da cobertura em direto da prova feminina, que forma parte do calendário da UCI Women’s World Tour, ampliando o alcance do ciclismo feminino através das plataformas digitais da Discovery e convertendo-se assim no destino referência para os amantes de ciclismo de todo o mundo.

A juntar à ampla cobertura em direto, os subscritores das plataformas do Eurosport e GCN terão ainda acesso a conteúdos extra incluindo antevisões, reportagens e análises de ambos eventos por parte de alguns dos melhores especialistas de ciclismo da atualidade.

O acordo estabelece ainda que o Eurosport fica responsável pela distribuição dos direitos de ambas as corridas, bem como das corridas urbanas de grande êxito da SweetSpot, a Tour Series, na Europa*, África, Ásia, América do Norte, Oceânia e América do Sul.

Hugh Roberts, CEO da SweetSpot:

“Estamos encantados de poder trabalhar com o Eurosport e a GCN a partir de 2021 para a frente para melhorar a programação das nossas competições existentes e explorar oportunidades de crescimento.

O incrível alcance do Eurosport e da GCN ajudou a dar a conhecer as corridas em todo o mundo e com a incorporação da GCN+ no seu portfólio, estamos confiantes de que vamos melhorar a cobertura das mesmas e oferecer uma experiência mais interativa a todos os adeptos de ciclismo.

Após um ano difícil para toda a gente, este anúncio é também uma grande notícia para os nossos associados a nível regional, que continuarão a beneficiar da exposição que lhes proporcionam os eventos da SweetSpot.

Andrew Georgiou, Presidente do Eurosport e Global Sports Rights & Sports Marketing Solutions:

“Estamos encantados de nos associarmos à SweetSpot para continuar a ampliar a nossa oferta de ciclismo em direto sem rival. Ao produzirmos pela primeira vez a corrida feminina em direto, estamos empolgados por desenvolver a nossa missão de trazer paridade para eventos masculinos e femininos de classe mundial para que os fãs possam desfrutar em qualquer lugar.

Graças ao grande alcance de audiência do Eurosport, GCN e Discovery+ em mercados selecionados, libertamos o poder do desporto e continuamos a servir a nossa fervorosa comunidade de fãs de ciclismo com a melhor cobertura em direto, com os melhores conteúdos e com a melhor experiência de ciclismo, levando a Volta à Grã-Bretanha a mais pessoas do que nunca.

Lizzie Deignan, vencedora da Volta à Grã-Bretanha 2019

Lizzie Deignan – Fotografia: Charlie Crowhurst/Getty Images – Eurosport

A Volta à Grã-Bretanha já é um dos pontos altos do calendário do Women’s World Tour, com uma afluência de público e um apoio fantástico no Reino Unido, mas juntar-lhe uma cobertura televisiva em direto realmente eleva a prova a um nível superior.

É fantástico ver que a corrida se associou ao Eurosport e à GCN e o facto de ser transmitida em direto do principio até ao final de cada etapa significa que teremos uma prova ainda mais emocionante o que acrescenta ainda mais brilho ao grande ambiente que se vive.

A corrida é ainda mais especial para mim, porque foi onde conquistei a minha primeira vitória do World Tour após o nascimento da minha filha Orla e também com a minha equipa, a Trek-Segafredo, em 2019. Estou ansiosa por defender o meu título este ano.

A Volta à Grã-Bretanha 2021 realiza-se entre os dias 5 e 12 de setembro tendo partida marcada para Penzance (Cornualha), e chegada para a cidade de Aberdeen (Escócia).

Mais detalhes do percurso da edição deste ano serão anunciados mais tarde, enquanto os detalhes da etapa de Devon serão revelados esta primavera.

Entre os vencedores de edições da Volta à Grã-Bretanha destacam-se ciclistas de renome como Mathieu van der Poel (2019), Julian Alaphilippe (2018) e Sir Bradley Wiggins (2013), que também fará parte da equipa de especialistas de ciclismo do Eurosport-GCN.

Desde a sua criação em 2014, a Volta à Grã-Bretanha feminina é tida como uma das corridas de maior destaque do calendário da UCI Women’s World Tour. O evento de seis etapas vai decorrer entre os dias 7 e 12 de junho entre Oxfordshire e Suffolk. A vencedora de 2019 foi Lizzie Deignan.

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual feminina

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual feminina

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual

João Almeida venceu a Volta ao Luxemburgo

João Almeida venceu a Volta ao Luxemburgo

Campeonatos do Mundo de ciclismo de estrada

Campeonatos do Mundo de ciclismo de estrada

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos