Campeonato Nacional de Cross Country Olímpico (XCO)

Campeonato Nacional de Cross Country Olímpico (XCO)

Os atletas portugueses de Cross Country Olímpico (XCO) dirigiram-se no dia de hoje ao Fundão, para disputarem o Campeonato Nacional de XCO, num circuito fechado com 4,4 quilómetros de extensão.

Categoria de Elites

Na prova de Elites Masculinos Ricardo Marinheiro (Clube BTT Matosinhos) bateu Mário Costa (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde), por menos de um segundo, para conquistar o título nacional. José Dias (Individual) chegou um minutos depois, para fechar o pódio na terceira posição.

Em Elites Femininas Raquel Queirós (Guilhabreu BTT) destacou-se, desta feita com uma vantagem de 42 segundos para Ana Santos (X-Sauce Factory Team), que fechou na segunda posição. Logo a seguir chegou Joana Monteiro (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde), a 2m13s de Raquel Queirós, que se sagrou assim campeã nacional da respetiva categoria.

Categoria de Sub-23

Na categoria sub-23, Tiago Coelho (Korpo Activo/Penacova) foi o melhor em prova, conquistando o título nacional da categoria.

Em sub-23 femininas o Campeonato Nacional de XCO foi para Marta Branco (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) que levou a melhor para conquistar o título.

Categoria de Juniores

No setor masculino, Tomás Frazão (Guilhabreu BTT) foi o primeiro a cortar a meta, batendo João Cruz (AXPO/FirstBIke Team/Vila do Conde) por 32 segundos. João Silva (Guilhabreu BTT) fechou o pódio em terceiro, a 1m05s de Tomás Frazão.

Na prova de juniores femininas, Mariana Líbano (Guilhabreu BTT) não deu hipótese às adversárias, vencendo com 1m44s sobre Íris Chagas (Automóveis Ribeiro/GDVP). Laura Simão (BTT Loulé/Elevis), terminou em terceiro, a 2m40s da vencedora do título nacional.

Categoria de Cadetes

Em cadetes foram Rafael Sousa (Guilhabreu BTT) nos masculinos, e Beatriz Guerra (BTT Loulé/Elvis), nas femininas, a levar a melhor e a conquistar o título de campeões nacionais nas respetivas provas.

Categorias de veteranos

Filipe Ramos (Guilhabreu BTT) e Nádia Mendes (BTTGardunha/Fundão/Create) foram os vencedores do título nacional na categoria de veteranos masters 30.

Já em masters 40, foram Martinho Saragoça (A.R.Batalhense) e Irina Coelho (Freebike Shop/Bike Clube S.Brás) a levar a melhor sobre os adversários.

Em masters 50, foi Natália Mendes (Freebike Shop/Bike Clube S.Brás) a levar para casa o título nacional e no masculino o vencedor foi António Sousa (Individual).

O título nacional em masters 60 masculinos ficou para Luís Tomé (Korpo Activo/Penacova).


Fábio Luís (Marrazes/Gui/Brejinho/BikeZone Leiria) conquistou o título nacional em paraciclismo, completando a prova em 45m55s.

Classificações Completas aqui.

Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Canyon Inflite 2022 – Novas cores e especificações

Canyon Inflite 2022 – Novas cores e especificações

Jogos Olímpicos – Contrarrelógio

Jogos Olímpicos – Contrarrelógio

Jogos Olímpicos – Prova de XCO Feminina

Jogos Olímpicos – Prova de XCO Feminina

TREK First Light – O esquema de cores inspirado no Japão

TREK First Light – O esquema de cores inspirado no Japão

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos