A Specialized S-Works Tarmac SL7 de Fabio Jakobsen

A Specialized S-Works Tarmac SL7 de Fabio Jakobsen

Fabio Jakobsen, além de uma incrível história de vida que tem pela recuperação após a grave queda na Volta à Polónia 2020, é o homem mais rápido da 48.ª Volta ao Algarve, e um dos ciclistas mais rápidos do mundo.

Pela ocasião da 48.ª Volta ao Algarve, tivemos acesso exclusivo à sua bicicleta para mostrar em pormenor aos fãs da modalidade, a bicicleta de um dos ciclistas mais rápidos do pelotão World Tour.

A S-Works Tarmac SL7 de Fabio Jakobsen

Sobre o modelo desta bicicleta, foi lançado em 28 de Julho de 2020, juntando algumas das características da Specialized Venge (bicicleta de características “aero”), a da Specialized SL6, o que resultou numa bicicleta da características “all-around”, a Tarmac SL7

A equipa Quick-Step Alpha Vinyl utiliza componentes Shimano para equipar as suas bicicletas, desde a transmissão à travagem, é grupo Shimano Dura-Ace.

Uma das novidades nas bicicletas do pelotão World Tour equipadas com Shimano, é o recentemente lançado Shimano Dura-Ace de 12 velocidades.

Fabio Jakobsen utiliza pedais Shimano Dura Ace (varia entre ciclistas), e os pratos montados na sua Tarmac SL7 são 54-40. De realçar que com a chegada das 12 velocidades, os “andamentos” standard (no pelotão profissional) passaram a ser estes, ao invés do 53-39 da transmissão de 11 velocidades.

O novo Shimano Dura Ace de 12 velocidades, com o pormenor curioso de ter uma pequena “braçadeira” de borracha a prender o fio de ligação Di2 da transmissão electrónica, que sai do quadro e liga ao desviador, talvez para evitar o perigo de cortar ou desligar nas várias deslocações que a equipa faz diariamente.

Na bicicleta de um dos melhores sprinters do mundo, nada pode falhar, e como tal a bicicleta de Fabio Jakobsen tem instalado um guia de corrente da marca “K-Edge”, para evitar que a corrente salte do prato pequeno para o quadro.

Ficar para trás por saltar a corrente numa corrida pode significar o final de muito trabalho planeado previamente.

A equipa Quick-Step Alpha Vinyl equipa todas as bicicletas com rodas Roval, sendo que no caso de Fabio Jakobsen, este opta pelas Roval Rapide CLX de 622X21, com a particularidade de ter um perfil de 60mm. na roda de trás e 51mm. na frente.

O alto perfil das rodas confere maior aerodinâmica e rapidez, e a combinação 60mm/51mm procura ter essa aerodinâmica sem perder o controlo.

Nas corridas World Tour passam-se muitas horas em cima da bicicleta, os pontos de contacto entre o ciclista e bicicleta assumem uma grande importância, pois o conforto depende em grande parte desses pontos.

O selim é um dos pontos de contacto mais importantes para se passarem longas horas em cima da bicicleta, toda a equipa da Quick Step Alpha Vinyl utiliza selins Specialized (vários modelos), mas Fabio Jakobsen opta pelo S-Works Romin EVO com Mirror.

De acordo com informação da marca, este selim foi desenhado para oferecer maior conforto e assegurar o fluxo sanguíneo aos tecidos moles quando se pedala numa posição mais agressiva.

E é bom que assim seja, pois são 470,00 € de selim, caso alguém deseje comprar um.

Outro dos pontos de contacto é o guiador, embora alguns ciclistas da Quick-Step Alpha Vinyl utilizem guiador da marca PRO, Fabio Jakobsen opta pelo guiador Roval Rapide, uma haste de guiador aerodinâmica com todos os tubos e cabos integrados no interior.

Para completar o cockpit, o conforto está a cargo das fitas de guiador Supacaz e da ergonomia dos pousa mãos Shimano Dura-Ace.

O suporte para o dispositivo de treino ou GPS é também da marca K-Edge, e fica montado directamente no topo do avanço.

De realçar ainda o pormenor do símbolo “Wolf-Pack” no topo do tubo superior do quadro, denominação pela que é conhecida a famosa equipa belga.

A equipa utiliza em todas as bicicletas, rolamentos cerâmicos e movimento pedaleiro da marca Ceramicspeed, que proporcionam menos atrito nestes pontos de rotação.

Depois de muitos anos, os travões de disco estão praticamente implementados em todas as equipas do pelotão World Tour.

Os pneus utilizados pela equipa são também da marca Specialized, os S-Works Turbo RapidAir 2Bliss Ready (Tubeless). 80,00€ cada!

O “Míssil” de Fabio Jakobsen é vendido nesta versão por 14.500,00€, mas tendo em conta alguns melhoramentos, como os rolamentos cerâmicos, entre mais alguns, esta bicicleta tem um valor acima dos 15.000,00€.

Um Fórmula 1, do mundo das bicicletas, podes encontrar a versão para venda ao público em www.specialized.com/pt/

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Coleção de bolsas Specialized e Fjällräven para Bikepacking

Coleção de bolsas Specialized e Fjällräven para Bikepacking

Nova gama Canyon Aeroad 2022 – Componentes e cores atualizados

Nova gama Canyon Aeroad 2022 – Componentes e cores atualizados

Chegaram as Specialized Turbo Creo SL 2022 – É um novo desporto

Chegaram as Specialized Turbo Creo SL 2022 – É um novo desporto

Biniam Girmay poderá abandonar o Giro após vitória da 10.ª etapa

Biniam Girmay poderá abandonar o Giro após vitória da 10.ª etapa

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos