3.ª Taça de Portugal de XCO – Alberto Barroso e Ana Santos vitoriosos

3.ª Taça de Portugal de XCO – Alberto Barroso e Ana Santos vitoriosos

Alberto Barroso (Sportbici/Mundo Furgonetas) e Ana Santos (X-Sauce Factory Team) foram os vencedores da 3.ª Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO), que decorreu este domingo em Lousada.

Na elite masculina, Alberto Barroso (Sportbici/Mundo Furgonetas) superiorizou-se à concorrência, vencendo a corrida, resultado que lhe permitiu manter a liderança do ranking de sub-23. O ciclista foi 1m19s mais rápido que Mário Costa (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) o segundo classificado do dia e atual líder da Taça, na categoria elite.

No terceiro lugar do pódio ficou Roberto Ferreira (Guilhabreu BTT) ao concluir a prova a 1m35s do vencedor.

Ana Santos impôs-se no escalão feminino

Em femininos, Ana Santos (X-SauceFactory Team) foi a mais forte do dia ao vencer a prova e sendo igualmente a melhor atleta sub-23.

Ana Santos cortou a meta com 41 segundos de vantagem sobre Lara Lois (Motobike), segunda classificada e com 1m12s sobre Joana Monteiro (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde), respetiva terceira classificada.

Prova de juniores marcada pelo equilíbrio entre os participantes

A corrida masculina de juniores ficou marcada pelo grande equilíbrio entre os participantes, prova disso o facto dos dois primeiros classificados terem terminado a prova separados por apenas 15 segundos.

Artur Mendonça (BTT Loulé/Elevis) foi o primeiro a chegar à meta, logo seguido de Guilherme Barros (24 horas Altimetria/Ontrack), segundo classificado, ficando o fecho do pódio entregue a  David Pereira (Sportbici/Mundo Furgonetas) a 1m24s do vencedor.

Também em juniores, mas na prova feminina, o destaque vai para Mariana Líbano (Guilhabreu BTT) que não deu hipóteses à concorrência, vencendo com uma margem de 1m50 sobre a segunda classificada, Íris Chagas (Automóveis Ribeiro/GDVP). No terceiro lugar ficou Beatriz Sousa (24horas Altimetria/Ontrack) a 3m23s.

Em cadetes os vencedores foram Beatriz Guerra (BTT Loulé/Elevis) e Alejandro Garcia (CC Carballiño). Já em paraciclismo o melhor do dia foi Ivo Pereira (Róódinhas/Master Vantagem).

Nas categorias de veteranos, em master 30, Ângela Gonçalves (Korpo Activo/Penacova), foi a mais forte em femininos, enquanto que no escalão masculino a vitória foi de Augusto Midão (Rompe Trilhos/Ajpcar).

Em masters 40 o destaque vai para Virgínia Moreira (SAERTEX Portugal/Edaetech) no escalºao feminino e para Rogério Matos (Rompe Trilhos/Ajpcar) em masculino.

Em masters 50 o vencedor foi António Passos (Rompe Trilhos/Ajpcar), enquanto que em masters 60 foi Luís Tomé (Korpo Activo/Penacova) a conquistar a vitória.

Na classificação por equipas a AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde foi a vencedora.

Vídeo resumo

Classificações completas disponíveis aqui.

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Mathieu van der Poel contra Wout van Aert, é viver a história do ciclocrosse

Mathieu van der Poel contra Wout van Aert, é viver a história do ciclocrosse

Rubén Guerreiro reina no Saudi Tour

Rubén Guerreiro reina no Saudi Tour

Clímax em Hoogerheide com Van der Poel vs Van Aert

Clímax em Hoogerheide com Van der Poel vs Van Aert

Tom Pidcock escolhe Volta ao Algarve para a estreia na estrada em 2023

Tom Pidcock escolhe Volta ao Algarve para a estreia na estrada em 2023

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos