Volta a Portugal Etapa 6 – Antevisão

Volta a Portugal Etapa 6 – Antevisão

Esta é uma daquelas etapas que não tem uma Senhora da Graça ou uma subida ao alto da Torre, mas que pode baralhar completamente a classificação geral. As várias contagens de montanha e a própria chegada à Guarda promete pôr em cheque a equipa da AP Hotels & Resorts-Tavira-SC Farense e o novo líder da Volta a Portugal, Delio Fernandez.

Delio Fernandez no pódio da etapa de ontem – Créditos Imagem: Federação Portuguesa de Ciclismo

O percurso

A etapa número seis da Volta a Portugal começa em Penamacor. O pelotão irá partir da vila raiana para completar uma primeira volta inicial que termina com uma meta volante no ponto inicial ao quilómetro 15,3. O primeiro prémio de montanha está colocado na Sortelha e será um “apetizer” para aquilo que é o final da etapa. Passagem na meta volante do Sabugal ao quilómetro 66,6 e a caravana segue em direção à Guarda para uma primeira passagem pela meta. Logo, seguem-se as contagens de montanha da Aldeia Viçosa (km 125,6) e de Videmonte (km 138,7). Esta última será o local de maior dificuldade da etapa e é onde se esperam as movimentações mais sérias. Segue-se a meta volante em Trinta, ao quilómetro 147,8 e uma segunda passagem na Guarda, coincidindo com mais um prémio de montanha. Os ciclistas saem da cidade mais alta de Portugal, descem e voltam a subir para cruzar a linha de meta pela última vez.

Perfil Etapa 6 – Créditos Imagem: Volta a Portugal

Os favoritos

Esta será talvez a etapa mais difícil de fazer previsões. Tudo vai começar com uma grande batalha para entrar na fuga. Por isso, espera-se que a composição da mesma já tenha ciclistas bastante importantes e que alguns possam mesmo perigar a camisola amarela de Delio Fernandez. A equipa de Tavira terá bastantes dificuldades para controlar a etapa com a agravante de estar reduzida a seis ciclistas com a expulsão de Vanceslau Fernandes. Com a fuga constituída os ciclistas irão aguardar pelos últimos 50 quilómetros de autêntico rompe-pernas e com subidas com grandes inclinações para mexer na corrida. A equipa mais antiga do pelotão internacional terá de se defender de tudo e de todos. No final é bastante possível que a fuga tenha sucesso ou que chegue um grupo muito reduzido ao sprint na dura rampa final na cidade da Guarda.

Créditos Imagem: Federação Portuguesa de Ciclismo

Delio Fernandez é um sério candidato a ganhar caso consiga defender-se e discutir o final ao sprint no grupo dos favoritos. Luis Gomes será talvez o maior candidato a vencer. A etapa encaixa perfeitamente nas características do ciclista da Kelly-Simoldes-UDO. Tiago Antunes é um ciclista que tanto terá liberdade para ir para a fuga como para disputar a etapa no final e é bastante explosivo nos últimos metros. Dentro da Efapel Cycling também seria interessante ver se Joaquim Silva tentará estar na fuga. A Aviludo-Louletano-Loulé Concelho poderá colocar Daniel Viegas ou Vicente de Mateos na fuga, que teriam boas possibilidades de vencer. A Voralberg e a Euskaltel-Eusakadi têm coletivos fortes e serão das equipas que mais irão mexer na corrida. A maior incógnita será mesmo a equipa da Glassdrive/Q8/Anicolor. A etapa não se adapta muito bem a Frederico Figueiredo e a equipa não se mostrou ao seu melhor nível na subida à Torre. Vamos ver se foi um dia mau ou se a forma dos seus ciclistas não é a melhor.

Créditos Imagem: Federação Portuguesa de Ciclismo

Ciclistas que podem dar-se bem com esta etapa: Andoni Lopez e Antonio Soto (Euskaltel-Euskadi), César Fonte e Hugo Nunes (Rádio Popular-Paredes-Boavista), Gorka Sorarrain (Caja Rural-Seguros Rga), Óscar Pelegri e David Delgado (Burgos-BH), Gonçalo Leaça (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car), António Barbio e Bruno Silva (Tavfer-Ovos Matinados-Mortágua), Afonso Eulálio e António Carvalho (ABTF-Betão-Feirense) e Iñigo Elosegui (Equipo Kern Pharma).

Pode acompanhar a Volta a Portugal na RTP1 e com as antevisões, resumos e classificações em Topcycling.pt.

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Seis destaques da Volta a Portugal do Futuro

Seis destaques da Volta a Portugal do Futuro

Bruno Pires já ganha com a Tudor

Bruno Pires já ganha com a Tudor

Evenepoel e Roglic no Dauphiné

Evenepoel e Roglic no Dauphiné

Giro d’Itália 2024 – Pogacar entra na história

Giro d’Itália 2024 – Pogacar entra na história

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais