Mathieu Van der Poel – Mais treinos e menos provas

Mathieu Van der Poel – Mais treinos e menos provas

Mathieu van der Poel aponta a uma nova metodologia nesta fase da carreira, que, basicamente, se resume a, mais treinos e menos provas.

Aos 28 anos, e no que diz respeito a competições oficiais, Van der Poel parece ter optado por menos quantidade e mais qualidade, ou melhor definindo, melhores condições para lutar por bons resultados.

O ciclista neerlandês da (Alpecin-Deceuninck) tem andado afastado da competição deste a conquista do Paris-Roubaix, que ocorreu há cerca de dois meses. Uma situação que até poderá ter causado alguma estranheza no meio, mas que Van der Poel garante fazer parte da sua mais recente abordagem, na tentativa de chegar ao Tour e ao Campeonato do Mundo, na melhor forma possível.

Quando me apresentar em prova, é para vencer!”

Mathieu van der Poel

Esta afirmação de Van der Poel é fácil de compreender se analisarmos algumas das suas participações nas principais provas, como foi o caso do Tour 2022, em que abandonou a prova após 11 etapas, sem conseguir qualquer conquista.

Para não acontecer o que aconteceu na última edição do Tour, Van der Poel garante estar agora melhor preparado para atacar a mítica prova francesa.

É a primeira vez que me consigo preparar tão bem para uma grande volta.”

Mathieu van der Poel

Nesta pausa competitiva o ciclista neerlandês apostou nos treinos em altitude divididos entre Espanha e França, de forma a preparar a participação no Tour.

É já este fim-de-semana, mais propriamente, no dia 10, que será possível ver Van der Poel em ação na Dwars door het Hageland, uma corrida de um dia realizada anualmente na Bélgica que integra o calendário ProSeries da UCI.

Créditos: A.S.O. Pauline Ballet

De seguida, Mathieu van der Poel irá competir na Volta à Bélgica, prova que irá decorrer entre 14 a 18 de junho, isto depois de ter sido equacionada a participação na Volta à Suiça, entretanto descartada, recaindo assim uma aposta total em ‘caçar’ vitórias nas etapas da prova belga.

A pausa competitiva parece ter feito bem a Van der Poel que se apresenta confiante e entusiasmado pelas últimas semanas de treino.

Estou ansioso para correr novamente! Estou ansioso. Desde o Paris-Roubaix que tenho vindo a investir muito tempo em treinos.

Este processo de treino faz parte do ciclismo moderno e estou-me a sentir muito bem com isso. Já fiz muitas corridas na minha carreira, mas agora quando me apresentar em prova, é para vencer. Será difícil voltar a participar em provas sem preparação, porque atualmente o nível é muito alto.

Anteriormente, foram várias as ocasiões em que efetuei demasiadas provas, o que me fazia correr de forma algo desregulada em algumas delas.

Mathieu van der Poel

Terminar o Tour é objetivo

Van der Poel pretende, pela primeira vez na sua carreira, terminar o Tour, em vez de andar só em busca de vitórias em etapas e depois abandonar a prova sem concluir todas as tiradas.

Aliás, ele assume que a forma afincada com que tem estado a planear a presente temporada, é mesmo com esse objetivo.

Estou muito motivado para fazer um bom Tour. Quero vencer uma etapa e quero chegar a Paris da melhor maneira possível. Quero fazer um Tour tão bom quanto o Giro do ano passado.”

Mathieu van der Poel

Camisola verde é para Philipsen

Apesar de apostar forte no Tour, em relação ao possível objetivo da camisola verde, aí Van der Poel afirma prontamente ser para o seu companheiro de equipa na Alpecin-Deceuninck, Jasper Philipsen.

A camisola verde? Não, se formos verdes, será para Jasper Philipsen. Irei ajudá-lo com todo o prazer.”

Mathieu van der Poel

Após o Tour segue-se o Campeonato do Mundo

Van der Poel não irá descansar muito após o Tour, uma vez que, pretende disputar o Campeonato do Mundo, prova que acontece logo duas semanas depois.

É por isso que procurei um treino tão sólido. O Campeonato do Mundo está no topo da minha lista.”

Mathieu van der Poel

No Campeonato do Mundo Van der Poel não estará apenas presente na prova de estrada, uma vez que já assumiu a vontade de disputar a prova de BTT, embora nesta vertente, admita participar sem qualquer pressão ao nível de resultados.

Aos 28 anos, Mathieu van der Poel mostra-se mais maduro e também ciente dos seus principais objetivos.

O ciclista neerlandês parecer estar a preparar-se para ser mais humano e menos máquina, o que lhe pode tirar alguma da espontaneidade que lhe é atribuída, mas que por outro lado lhe poder trazer uma vertente competitiva mais sólida e com mais conquistas além daquelas a que já nos habituou.

Créditos: A.S.O. Pauline Ballet

Uma coisa é certa, Van der Poel assume estar muito feliz com a forma que tem vindo a trabalhar nos últimos meses, e assim sendo, a felicidade aliada ao bom trabalho e às enormes qualidades das quais é detentor, tem tudo para se traduzir num futuro brilhante.

Cá estaremos para ver!

Por: Nelson Ferreira

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Volta à Suíça – Etapa 5 – Espetáculo de João Almeida

Volta à Suíça – Etapa 5 – Espetáculo de João Almeida

Volta a Portugal 2024 – Já se conhecem as etapas

Volta a Portugal 2024 – Já se conhecem as etapas

Granfondo Portimão 2024 – O ultimo desafio do ano

Granfondo Portimão 2024 – O ultimo desafio do ano

Volta a Suíça – Resumo da Etapa 4

Volta a Suíça – Resumo da Etapa 4

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais