Taça de Portugal de XCO – Marrazes

Taça de Portugal de XCO  – Marrazes

Marrazes recebeu neste fim de semana a 3ª Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO). Mário Costa manteve-se imbatível, enquanto na categoria feminina Ana Santos bateu Raquel Queirós, que tem dominado a Elite Feminina.

Categoria masculina

Mário Costa continua muito consistente e voltou a conquistar a vitória na categoria de Elite Masculina, em Marrazes. O atleta da AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde disputou a corrida com David Rosa (Individual), vencendo com uma diferença de apenas 37 segundos. Ivan Feijoo (BH Templo Cafés UCC), corredor sub-23, terminou na terceira posição.

Categoria feminina

Na Elite Feminina, Ana Santos (X-Sauce Factory Team) conseguiu destronar Raquel Queirós, que tinha vencido as duas provas anteriores, vencendo com escassos seis segundos de vantagem. Joana Monteiro (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) fechou na terceira posição a 5m55s da vencedora.

Ainda assim, e tendo em conta que Ana Santos não tinha participado nas restantes provas, Raquel Queirós reforçou ainda mais a liderança do ranking da Taça de Portugal de XCO.

Restantes categorias

Na prova de juniores masculinos, Tomás Frazão (Guilhabreu BTT) bateu João Cruz (AXPO/FirstBIke Team/Vila do Conde), com uma vantagem de apenas 32 segundos. Miguel Rodriguez (Club Ciclista Ponteareas) fechou em terceiro, a 1m23 de Tomás Frazão.

Mariana Líbano (Guilhabreu BTT) continua imbatível em juniores femininas e tornou a bater as adversárias para somar mais uma vitória. Sofia Gomes (BTT Seia) repetiu o segundo lugar, terminando a 2m57s da vencedora e Mariana Viais (AEBTT Rio/Mr.Print) fechou o pódio a 3m31s de Mariana Líbano.

Na categoria de cadetes, estiveram em destaque Tomás Gaspar (Penafiel Bike Clube), no setor masculino, e Marta Carvalho (Extremosul/Hotel Alisios/Cenmais), no setor feminino, quem venceram a terceira prova da Taça de Portugal.

À semelhança do que aconteceu na prova anterior, André Filipe (Guilhabreu BTT) e Nádia Mendes (BTTGardunha/Fundão/Create) tornaram a levar a melhor na categoria de veteranos masters 30.

aquel Marques (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) também voltou a vencer em masters 40 e no setor masculino foi Rogério Matos (Rompe Trilhos/Ajpcar) a terminar na primeira posição.

Na categoria de masters 50, o vencedor foi António Passos (Rompe Trilhos/Ajpcar) e em masters 60 quem conquistou a vitória foi Luís Tomé (Korpo Activo/Penacova).

Ivo Pereira (Individual) foi o vencedor na categoria de paraciclismo, terminando a prova com 3m24s de vantagem sobre o segundo classificado, Paulo Teixeira (Rodabike/ACRG/Gondomar).

O fim de semana em Marrazes ficou marcado pelo triste falecimento do Master 60 João Silva durante a prova deste domingo.

A Federação Portuguesa de ciclismo enviou as sentidas condolências à família, companheiros de equipa e amigos, informando também na sua página que o atleta de 62 anos foi prontamente assistido pela equipa médica da prova, não tendo sido possível evitar o trágico desfecho, e que a causa do óbito será determinada pela autópsia.

Classificações completas aqui

Texto e fotografia: Federação portuguesa de ciclismo

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Absa Cape Epic 2021 – Resumo etapa 5

Absa Cape Epic 2021 – Resumo etapa 5

Fim de semana de Ciclismo no Eurosport

Fim de semana de Ciclismo no Eurosport

Absa Cape Epic 2021 – Resumo etapa 4

Absa Cape Epic 2021 – Resumo etapa 4

Absa cape Epic 2021 – Resumo etapa 3

Absa cape Epic 2021 – Resumo etapa 3

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos