Paris-Roubaix 2021

Paris-Roubaix 2021

O Paris-Roubaix 2021 disputou-se fora da época habitual (Abril), por razões de adiamento pela pandemia COVID-19, e apesar de “Abril águas mil” foi em Outubro que o Roubaix se correu debaixo de chuva, 20 anos depois.

Foi uma corrida com condições muito adversas pela chuva e pelo habitual piso dos sectores de empedrado que por si, já é difícil mesmo em tempo seco.

Uma corrida por eliminação na qual houve muitas quedas, e na qual o primeiro desafio dos ciclistas era mesmo esse, não sofrer nenhuma queda nem ver-se envolvido numa.

Depois de muito tempo na frente, Giani Moscon (Ineos) acabou por ter um furo e depois uma queda, o que lhe provocou uma quebra no ritmo, acabando por ser alcançado por Sonny Colbrelli, Florian Vermeersch e Mathieu van der Poel, sendo que estes dois correram com o coração e Colbrelli com a cabeça.

A corrida acabaria por ser discutida por três estreantes

Florian Vermeersch vinha da fuga original (mais de 200 km’s em fuga), tentou a sua sorte desde cedo, conseguiu manter-se na frente mesmo depois de alcançado e obteve o prémio por isso.

Mathieu van der Poel correu à Mathieu van der Poel, quando chegou a altura ligou o “modo animal” e foi em procura da frente da corrida, descarregando uns, trazendo outros, mas sem querer saber disso para nada, o objectivo era chegar à frente com ou sem ajuda, e chegou.

Sonny Colbrelli, à semelhança de outras corridas este ano (como pro exemplo o campeonato da Europa), conseguiu ir com Mathieu van der Poel, tendo colaborado muito pouco, mas conseguindo sempre aguentar o ritmo do holandês mesmo nos sectores de empedrado, e no final como se sabe o italiano tem muito boa ponta final, o que acabou por se confirmar, venceu o Paris-Roubaix 2021.

Florian Vermeersch foi segundo e Mathieu van der Poel completou o pódio, depois de ter levado os outros até à frente da corrida.

Para Vermeersch um segundo lugar é quase uma vitória, tem só 22 anos e é o resultado de maior destaque da sua carreira.

Para Mathieu van der Poel, bem, talvez depois de ver a corrida na TV aprenda a correr de outra forma (resguardando-se mais em certas alturas de corrida), ou não, porque simplesmente Mathieu Van der Poel corre assim.

O ultimo quilómetro em vídeo

TOP 10 da corrida

POS.NOMEEQUIPATEMPO
1COLBRELLI SonnyBahrain – Victorious6:01:57
2VERMEERSCH FlorianLotto Soudal0:00
3VAN DER POEL MathieuAlpecin-Fenix0:00
4MOSCON GianniINEOS Grenadiers0:44
5LAMPAERT YvesDeceuninck – Quick Step1:16
6LAPORTE ChristopheCofidis, Solutions Crédits1:16
7VAN AERT WoutTeam Jumbo-Visma1:16
8VAN ASBROECK TomIsrael Start-Up Nation1:16
9BOIVIN GuillaumeIsrael Start-Up Nation1:16
10HAUSSLER HeinrichBahrain – Victorious1:16

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Nairo Quintana já só pensa no dia 12 de outubro

Nairo Quintana já só pensa no dia 12 de outubro

‘Matxín’ deixa cargo de director desportivo da UAE Team Emirates na estrada

‘Matxín’ deixa cargo de director desportivo da UAE Team Emirates na estrada

Mathieu van der Poel no primeiro Campeonato do Mundo de Gravel – “É histórico”

Mathieu van der Poel no primeiro Campeonato do Mundo de Gravel – “É histórico”

Travessia dos Pirinéus em bicicleta | Episódio 3

Travessia dos Pirinéus em bicicleta | Episódio 3

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos