Nova Merida Ninety-Six 2021

Nova Merida Ninety-Six 2021

Originalmente lançada em 2008, a Ninety-Six , passou por uma série de mudanças e alterações ao longo da última década, provavelmente as mais significativas a partir da “velha” dando origem à nova Merida NINETY-SIX 2021.

Com esta nova bicicleta a marca alemã tenciona ter uma tomada de
posição no XC moderno, maratona e provas por etapas, bem como na condução em estilo recreativo.

Depois deixar a taça do mundo, onde teve tradição e sucesso ao longo de décadas, com ciclistas de topo como Gunn-Rita Dahle Flesjå, José Antonio Hermida, Ralph Näf ou Ondřej Cink na antiga Multivan-MERIDA Biking Team, a marca assistiu à tendência de percursos mais exigentes tecnicamente.

José Antonio Hermida continua a colaborar com a Merida

A MERIDA continua atenta às tendências, e diz estar consciente de que existe um número crescente de ciclistas que procuram uma bicicleta super capaz de suspensão total, leve para percursos curtos, e isso fez com que a sua equipa “I&D MERIDA” voltasse à mesa de desenho e desenvolvesse a nova NINETY-SIX a partir do zero.

Tudo novo

Para trazer a NINETY-SIX para a nova década, a Merida criou um quadro
totalmente novo que combina uma longa lista de características, com uma geometria moderna completamente nova, bem como uma plataforma de
suspensão actualizada.

A Merida NINETY-SIX 2021 está disponível em três quadros de carbono completos de níveis diferentes, com o quadro superior RC CF5 a marcar na escala de peso apenas 1.695 grs. ou 1.845 grs. para um quadro RC CF4/CF5 de tamanho médio.

Versão 100 mm. e versão 120 mm.

Dependendo da configuração, ou a versão clássica 100 frente/100 traseira mm (NINETY-SIX RC), ou a versão mais orientada para trilhos mais técnicos com 120 frente/100 traseira mm (NINETY-SIX). Ambas as bicicletas apresentam o mesmo quadro e a mesma configuração de suspensão, mas diferem nas especificações e, portanto, mostram a sua força em diferentes terrenos e destinam-se a distintos grupos de utilizadores.

Nos “velhos tempos”, o foco principal de uma máquina de corrida
XC/maratona era uma excelente performance em subida. Hoje em dia, o
desempenho em descida torna-se cada vez mais importante, uma vez
que os percursos são extremamente exigentes não só na subida, mas
ainda mais, na descida.

Para melhorar o desempenho em descida e o manuseamento em terreno acidentado, a Merida afinou a geometria tornando o ângulo da coluna de direcção 1,5° mais aberto (na versão Trail 3°), aumentando o reach (de 449 mm para 473 mm num quadro de tamanho L) e baixando o eixo pedaleiro .

De acordo com a marca todas estas alterações tornam a bicicleta mais estável e dão ao ciclista mais espaço para manobrar na bicicleta.

A marca informa ainda que o ciclista sente-se mais integrado na NINETY-SIX, ajudando a controlar a bicicleta quando o trilho se torna mais técnico.

Mas não só os parâmetros relacionados com as descidas se tornaram mais modernos. O ângulo do tubo de selim ficou pelo menos 1,5° (e em alguns tamanhos até 2°) mais inclinado, tornando mais fácil colocar mais pressão nos pedais, tornando assim a nova NINETY-SIX uma escaladora ainda mais eficiente e reactiva.

Mas a Merida sabe que uma boa geometria não é nada sem uma plataforma de suspensão perfeitamente funcional. Em comparação com a última geração, dizem que a Merida NINETY-SIX 2021 é mais progressiva.

A progressão é superior a 7%, o que corresponde perfeitamente às pequenas câmaras de ar dos amortecedores das atuais cross- country.

O ratio mais elevado no início do funcionamento torna a suspensão
sensível a pequenos impactos, e a progressão dá-lhe um grande apoio a meio do curso.

Para além disso, a Merida introduziu o novo sistema P-FLEX. O novo
sistema não tem pivot na escora, o que tem um efeito positivo no peso, bem como na rigidez.

De acordo com a Merida as propriedades do material do quadro e o desenho do quadro em forma de mola permitem uma flexibilidade suficiente sem ter impacto na durabilidade.

Também dizem que a nova configuração da suspensão dá à NINETY-SIX uma conformidade nos impactos impressionante para as descidas e pistas mais duras e técnicas, bem como uma eficiência de pedalagem excepcional para percorrer os quilómetros e atacar as subidas mais exigentes.

A marca alemã diz que ambos os elementos, geometria e suspensão, combinados com um baixo peso trabalham em perfeita harmonia e criam a NINETY-SIX mais capaz, para que se possa desfrutar do TRAIL E TRACK A FULL GÁS.

Alguns modelos e cores

Merida NINETY-SIX RC 9000
Merida NINETY-SIX RC 9000
Merida NINETY-SIX RC 5000
Merida NINETY-SIX 8000
Merida-NINETY-SIX 8000 trail
Merida NINETY-SIX RC XT

Para mais informações sobre a nova Ninety-six consultar a página da marca em Portugal: www.merida-bikes.com/pt-pt

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Melgaço candidata-se à organização dos Europeus de XCO em 2025

Melgaço candidata-se à organização dos Europeus de XCO em 2025

Novos modelos de carbono Canyon Neuron 2022

Novos modelos de carbono Canyon Neuron 2022

Teste – Specialized Epic EVO pro

Teste – Specialized Epic EVO pro

Novo capacete Specialized Gambit – Para DH e Enduro

Novo capacete Specialized Gambit – Para DH e Enduro

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos