João Almeida terá uma super equipa, assegura o director da UAE – Emirates

João Almeida terá uma super equipa, assegura o director da UAE – Emirates

Numa entrevista ao portal de ciclismo “Ciclo 21”, conduzida por Gonçalo Moreira, Joxean Fernández (Matxin) o diretor da UAE Emirates falou sobre João Almeida, que vai liderar a equipa no Giro e poderá ainda fazer a Vuelta. Não “dando nomes”, promete que Almeida terá “uma super equipa” à sua volta.

Após dois anos na poderosa Deceuninck Quick-Step, João Almeida transferiu-se para a (agora também poderosa), UAE team Emirates, protagonizando uma das transferências mais mediáticas da temporada.

Alguns adeptos vêem nesta equipa (a mais portuguesa do pelotão World Tour, também com Rui Costa, Ivo e Rui Oliveira) uma excelente estrutura para João Almeida poder lutar por uma grande volta, outros receiam que possa ir trabalhar para Tadej Pogacar (vencedor dos últimos dois Tour de France), mas Matxin é muito claro em relação ao papel de João Almeida.

“É um corredor muito importante para nós, não vem trabalhar para ninguém porque a qualidade que possui o João Almeida significa que é um atleta muito importante. É certo que o ciclismo moderno nos leva um pouco pela linha de ter vários líderes e é isso que pretendemos. O João é super inteligente, terá o seu espaço desportivo e será uma referência”,

garante Matxin em declarações ao Ciclo 21.

João Almeida afirmou-se como um “voltista” nos últimos dois anos, nos quais conseguiu um 4.º lugar na geral do Giro em 2020, ano em que liderou a prova durante 15 dos 21 dias de duração da mesma, e um 6.º lugar em 2021, sendo que este ano não teve um papel de liderança na sua equipa, e só lutou pela classificação na ultima semana e meia de prova.

Este desempenho deu estatuto ao português, e por tudo isto Matxin assegura,

João terá uma super equipa. Não posso dar nomes porque ainda não falei com os corredores, mas está claro que um ciclista como o Rui Costa vai ser importante para o João Almeida, porque demonstrou um profissionalismo sublime. “

O novo papel de Rui Costa

Nas palavras de Matxin pode também tirar-se a conclusão de que Rui Costa terá uma forma de correr, e um papel diferente dos últimos anos, talvez mais na linha daquilo que fez no ultimo Tour, onde foi fundamental na ajuda a Tadej Pogacar.

Com o Rui tivemos uma conversa difícil porque pode dar a muitas equipas uma qualidade indiscutível, ganhou um campeonato do mundo, tem uma visão de corrida incrível; e desde a equipa pedimos-lhe que corresse para outro corredor que pode ganhar e defender um líder com a sua experiência. Quero que o Rui Costa seja um foco, uma referência e que dê ao João Almeida não apenas experiência, mas também o saber estar, a visão do que vai ocorrer antes que ocorra”. 

disse Matxin

Com a UAE-Emirates o objectivo é claramente o Giro, podendo também fazer a Vuelta,

“pode-nos dar essa experiência que já tem do Giro e nós podemos-lhe dar uma equipa à volta dele e tentar conseguir algo mais com um corredor que já foi líder durante 15 dias. Dar-lhe essa confiança para a prova que ele conhece melhor e quem sabe em dado momento conseguir a vitória, mas não lhe exigimos fazer o que fez o Tadej Pogacar. O João Almeida tem que ser o João Almeida, queremos dar passos firmes”. 

Acerca do percurso do Giro para 2022 (que já é conhecido), e sabendo das capacidades de João Almeida, tanto na alta montanha como no contrarrelógio, Matxin adianta,

“João é um ciclista completo que sabe andar no contrarrelógio, mas também em qualquer etapa por complicada que seja. É um líder e temos claro que pretendemos ser competitivos todo o ano, a ideia é tornar a equipa mais forte.

…”Se fazes um Giro podes fazer uma segunda parte da temporada espetacular; se fazes um Tour tens que o preparar na primeira metade do ano e disputá-lo na segunda. Não podes estar pendente até ao último momento para ver quantos quilómetros de contrarrelógio tem.” 

É com expectativa que os adeptos aguardam a temporada 2022, para ver João Almeida e restantes portugueses da UAE – Emirates, teremos após muitos um português a lutar por grandes voltas, lembrando sempre que para se vencer uma grande volta, além de qualidade é necessário “que os astros estejam alinhados”, tudo tem que sair bem, e caso assim não aconteça é necessário manter o apoio e crença nos atletas.

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Tony Martin arrasa a UCI falando do tema segurança

Tony Martin arrasa a UCI falando do tema segurança

Primoz Roglic reflexiona sobre o Tour de France, e partilha o seu modo de vida

Primoz Roglic reflexiona sobre o Tour de France, e partilha o seu modo de vida

NOVA Trek Speed Concept  – Bicicleta de triatlo

NOVA Trek Speed Concept – Bicicleta de triatlo

A história do roubo da bicicleta de Geraint Thomas

A história do roubo da bicicleta de Geraint Thomas

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos