Giro 2021 terá a equipa de Contador e deixa de fora a de Quintana

Giro 2021 terá a equipa de Contador e deixa de fora a de Quintana

A organização do Giro d’Italia revelou o percurso e as equipas para o Giro 2021, que está agendado para se realizar entre 8 e 30 de maio.

O número de equipas convidas (wild cards) foi alargado para mais uma equipa (decisão da UCI), mas o organizador continua a dar os convites a equipas italianas.

A surpresa acaba por ser a inclusão da equipa da qual Alberto Contador e Ivan Basso são proprietários, a Eolo-Kometa, que este ano subiu ao escalão “UCI ProTeam” (escalão abaixo do World Tour). A equipa estará assim presente numa grande volta pela primeira vez na sua história.

A equipa teve origem na fundação de Alberto Contador em 1999
Com a subida de escalão, patrocinadores como a empresa de telecomunicações italiana Eolo entrou no projecto.
As bicicletas da equipa são da marca Aurum, também de ALberto Contador e Ivan Basso.

Para isso, alguma equipa das habituais convidadas teria que ficar de fora e essa equipa foi a Akea Samsic de Nairo Quintana, ficando assim o vencedor da edição de 2014 impedido de fazer o Giro 2021.

A equipa do vencedor do Giro 2014 não estará na edição 2021 da corrida.

Além de todas as equipas do WorldTour, estarão as três equipas italianas Bardiani, Eolo-Kometa e Vini-Zabu, e ainda a Alpecin-Fenix que garante a presença por ter sido a equipa da “segunda divisão” com mais pontos o ano passado.

Que estrelas do pelotão

Ao longo dos últimos meses foi-se sabendo quais as estrelas que marcarão presença na edição do Giro 2021, e tendo em conta os nomes o espetáculo está garantido tanto para a classificação geral, montanha e classificação por pontos.

Vincenzo Nibali, Thibaut Pinot, Emmanuel Buchmann, Mikel Landa, Simon Yates, Alexandr Vlasov, Dan Martin, Marc Soler, Romain Bardet, Egan Bernal, Daniel Martínez, Pavel Sivakov, Filippo Ganna, Caleb Ewan, Fernando Gaviria, Elia Viviani e Peter Sagan serão algumas das estrelas que pretendem estar presentes na corrida transalpina deste ano.

Filippo Ganna, vencedor de 4 etapas do Giro o ano passado, voltará a estar presente.

Outro ciclista que tem planeada a sua presença é o jovem Remco Evenepoel, mas esta ainda está condicionada pela sua recuperação que está a demorar mais do que se esperava.

Em relação aos portugueses João Almeida e Ruben Guerreiro. Em princípio João Almeida não estará presente apontando este ano para a Vuelta. Relativamente a Ruben Guerreiro ainda não há muita informação acerca do seu calendário no que respeita a grandes voltas.

O percurso de 2021

Embora o percurso definitivo só se conheça na próxima semana, a organização já desvendou as três primeiras etapas. A prova terá início em Turín com um contrarrelógio individual de 9 quilómetros, e terminará como sempre em Milão.

Por: Luís Beltrão

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual feminina

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual feminina

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual

João Almeida venceu a Volta ao Luxemburgo

João Almeida venceu a Volta ao Luxemburgo

Campeonatos do Mundo de ciclismo de estrada

Campeonatos do Mundo de ciclismo de estrada

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos