Ciclocrosse – 6.ª prova do Troféu Superprestige | Diegem

Ciclocrosse – 6.ª prova do Troféu Superprestige | Diegem

O mês de Dezembro é por tradição recheado de corridas de Ciclocrosse, principalmente na semana entre o Natal e Ano Novo.

Entre os muitos circuitos espetaculares deste período Diegem , um clássico do Ciclocrosse não só por ser um dos circuitos fundadores do Superprestige, juntamente com Gavere-Asper, Zillebeke e Overijse, mas também pelo seu traçado e por se realizar de noite, algo que acontece desde o ano 2000.

Corrida feminina

Puck Pieterse, uma das mulheres da temporada, teve algum azar nas ultimas corridas mas hoje venceu de forma categórica o Superprestige de Giegem. A jovem ciclista da Alpecin-Deceuninck não deu hipótese à concorrência, fugiu na primeira volta e manteve a liderança até ao fim da corrida. 

Shirin van Anrooij não conseguiu repetir a vitória que havia conseguido na taça do Mundo de Gavere há dois dias atrás, ainda esteve junto de Pieterse a meio da corrida, mas quebrou na ultima parte e teve que se contentar com o segundo lugar.

A outra ciclista da Alpecin, Ceylin del Carmen Alvarado fechou o pódio ao terminar em terceiro.

TOP 10 final

POS.PAÍSNOMETEMPO
01Puck Pieterse 44:09
02Shirin van Anrooij + 30
03Ceylin del Carmen Alvarado + 01:02
04Inge van der Heijden + 01:09
05Blanka Vas + 01:23
06Silvia Persico + 01:31
07Zoe Backstedt + 01:45
08Denise Betsema + 01:59
09Annemarie Worst + 02:15
10Aniek van Alphen + 02:20

Vídeo resumo

Corrida masculina

Pelas ruas da cidade de Diegem, entre a iluminação noturna e o cheiro das batas fritas proveniente das várias barracas montadas para os fãs do Ciclocrosse há um rei chamado Mathieu van der Poel que vencia ali desde 2014, procurava a sua oitava vitória consecutiva neste circuito.

Para conseguir dar continuação ao seu domínio, Mathieu van der Poel tinha pela frente um Wout van Aert em subida de forma que lhe havia vencido a corrida no dia anterior, e Thomas Pidcock, os suspeitos do costume na frente das corridas em que marcam presença.

Assistiu-se a mais um “hino” ao Ciclocrosse, seguramente uma das melhores corridas de Ciclocrosse dos últimos anos, com ataques e contra ataques constantes durante 60 minutos de prova, terminando todos eles completamente esgotados.

Após vários ataques Mathieu van der Poel acabou por não conseguir seguir o ritmo de Pidcock e van Aert na ultima volta, e a corrida acabaria por ser discutida entre estes dois, acabando por ser Wout van Aert a conseguir mais uma vitória.

TOP 10 final

POS.PAÍSNOMETEMPO
01Wout van Aert 01:00:46
02Tom Pidcock + 06
03Mathieu van der Poel + 33
04Eli Iserbyt + 01:08
05Michael Vanthourenhout + 01:45
06Lars van der Haar + 01:55
07Quinten Hermans + 02:00
08Thibau Nys + 02:29
09David Haverdings + 02:56
10Kevin Kuhn + 02:59

Vídeo resumo

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Loma, o Novo Capacete Specialized

Loma, o Novo Capacete Specialized

Um português e um belga entram num bar

Um português e um belga entram num bar

Paris-Roubaix 2024 – MVDP

Paris-Roubaix 2024 – MVDP

Paris-Roubaix 2024 – Guia das corridas Feminina e Masculina

Paris-Roubaix 2024 – Guia das corridas Feminina e Masculina

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais