Cape Epic 2022 – Etapa 4

Cape Epic 2022 – Etapa 4

A cada dia que passa a Cape Epic 2022 torna-se mais dura, o desgaste acumulado em ciclistas e máquinas é mais uma das varáveis que pode alterar tudo a cada momento.

Hoje foram percorridos 82 km’s. com 1650mts. D+ de acumulado, uma etapa com um final emocionante pelas apostas tácticas das equipas.

Matt Beers e Christopher Blevins (Toyota-NinetyOne-Specialized) foram os vencedores, por margem mínima em relação equipa Canyon-Northwave.

A 5 km’s. do fim, Beers escapou e surpreendentemente deixou até o seu parceiro Blevins para trás, além de Lukas Baum e Georg Egger, da Speed Company Racing, e Martin Stošek, da Canyon Northwave MTB, só Andreas Seewald, da Canyon Northwave MTB teve a acapacidade e perspicácia para ir com Beers, e os dois foram sozinhos até à meta.

No ultimo km., Beers diminuiu a velocidade enquanto olhava para trás, em busca de seu parceiro, para se assegurar da distância, depois só tinha que cortar a meta e esperar que Belvins conseguisse fazer a diferença no grupo perseguidor.

Depois do ataque de Mathew Beers, Blevins veio sempre na roda da equipa Speed Company Racing, a cerca de 800 mts. do final lançou o seu ataque, e conseguiu abrir a distância que lhe garantiu cortar a meta isolado no terceiro posto, dando assim a vitória de etapa à equipa Toyota-NinetyOne-Specialized, visto que Beers tinha chegado primeiro momentos antes.

“Gostaria de poder dizer que planeámos isto, mas o Matt acabou por sair com o Andreas sem esperar. Depois fiquei a lamber os lábios, porque porque sabia que numa chegada em sprint sou forte. Ataquei no timing certo e consegui afastar-me. Gostei disto !”

Disse Blevins no final da etapa.

O português José Dias e o seu companheiro Hans Becking, equipa Buff-Megamo, terminaram no quarto posto, perdendo mais algum tempo depois dos problemas mecânicos de ontem.

O pódio feito o ano passado está mais difícil de repetir, mas na cape Epic tudo pode acontecer até ao ultimo dia. A equipa está no quarto posto da geral, a 4 minutos dos terceiros.

A fazer uma corrida de menos a mais desde o início, tendo feito TOP 10 na etapa nas duas ultimas, hoje o azar “bateu à porta” da equipa DMT Racing de Tiago Ferreira e Miguel Muñoz, tiveram problemas mecânicos (furo) e voltaram a perder tempo.

Terminaram a etapa no 19.º posto, e voltaram a descer duas posições na geral, sendo agora 13.º.

TOP 10 classificação geral masculina

Corrida Feminina

Na corrida feminina, a equipa BMC MTB Racing de Robyn de Groot e Pauline Ferrand-Prévot assumiu a liderança desde km-s 64 e não mais a largou, vencendo assim mais uma etapa nesta edição da cape Epic.

A equipa das lideres da classificação geral, a Ninety One – Songo – Specialized de Haley Batten Sofia Villafane ainda perseguiu a BMC MTB Racing, mas acabou por gerir a vantagem que tem na classificação geral para as perseguidoras.

No terceiro posto terminou hoje a equipa Faces Rola, das sul-africanas Candice Lill e Mariske Strauss.

TOP 10 classificação feminina

Vídeo da etapa

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Campeões do Mundo de XCO presentes na Shimano Super Cup Massi

Campeões do Mundo de XCO presentes na Shimano Super Cup Massi

José Dias vence segunda etapa da Lenda de Tartessos

José Dias vence segunda etapa da Lenda de Tartessos

Tiago Ferreira vence na estreia pela nova equipa

Tiago Ferreira vence na estreia pela nova equipa

Tiago Ferreira apresenta novo projeto desportivo

Tiago Ferreira apresenta novo projeto desportivo

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais