Biniam Girmay distinguido como ciclista africano do ano

Biniam Girmay distinguido como ciclista africano do ano

Biniam Girmay foi eleito o melhor ciclista africano em 2022.

O ciclista eritreu da Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux superiorizou-se na votação a Louis Meintjes, seu companheiro de equipa, e ao compatriota, Natnael Tesfatsion, conquistando assim este galardão pelo terceiro ano consecutivo.

O prémio de Ciclista Africano do Ano, conta já com 13 anos de existência, e foi criado pelos organizadores do Tropicale Amissa Bongo (prova de ciclismo profissional por etapas que se disputa no Gabão).

O júri liderado por Bernad Hinault comentou a entrega do prémio a Biniam Girmay, considerando que houve justiça na decisão.

Ele (Biniam Girmay) merece este prémio pelo seu resultado histórico em Ghent-Wevelgem e pela etapa no Giro. Nunca antes um africano fez algo assim”.

Bernad Hinault (líder do júri)

Na base desta distinção está a boa temporada registada por Biniam Girmay em 2022, onde se destacaram a conquista da clássica Ghent-Wevelgem,  bem como a vitória obtida na 10.ª etapa do Giro 2022, ao bater ao ‘sprint’ Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix) mesmo em cima da meta.

Por seu lado, Girmay demonstrou-se orgulhoso por mais esta conquista.

Assim como nas duas eleições anteriores, estou muito orgulhoso por conquistar, uma vez mais, este prémio”,

Biniam Girmay

É de recordar que após a histórica conquista da 10.ª etapa no Giro de Itália, Girmay protagonizou um episódio insólito, quando, ao tirar a rolha de cortiça do champanhe no pódio, esta lhe ter acertado no olho, situação que originou uma lesão, que obrigou mesmo o ciclista eritreu a abandonar a prova.

Aos 22 anos, Girmay é visto como um jovem ciclista com larga margem de progressão no seio do pelotão internacional, prova disso mesmo, a boa reta final de temporada que conseguiu ao terminar em 6.ª no Bretagne Classic (Clássico da Bretanhã), em 3.º no Grande Prémio de Quebec, e foi ainda 2.º classificado no Grande Prêmio da Valónia.

Biniam Girmay parece estar de pedra e cal na formação belga da Intermarché, com a qual tem contrato até 2026, e em 2023 tudo aponta para que continue a ser uma aposta constante em algumas das principais provas do calendário internacional, onde conta agora com o português Rui Costa como companheiro de equipa.

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Tour de France 2024 | Etapa 14 | Rivalidades que ficam na história

Tour de France 2024 | Etapa 14 | Rivalidades que ficam na história

Tour de France 2024 | Etapa 13 | Bordures animaram dia de abandonos

Tour de France 2024 | Etapa 13 | Bordures animaram dia de abandonos

Lucas Lopes vence na Volta a Madrid

Lucas Lopes vence na Volta a Madrid

Pogacar vs. Vingegaard nos Pirenéus e Almeida sonha com pódio

Pogacar vs. Vingegaard nos Pirenéus e Almeida sonha com pódio

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais