Volta a Portugal 2022 – As Etapas e Start List da equipas

Volta a Portugal 2022 – As Etapas e Start List da equipas

A Volta a Portugal 2022 vai para a estrada entre 4 e 15 de agosto. Abre com um prólogo de 5,4 quilómetros em Lisboa e termina na cidade do Porto, com um contrarrelógio individual de 18,6 quilómetros, pelo meio 9 etapas em linha.

Três das nove etapas em linha são de alta montanha, terminando com chegada em alto, e as restantes guardam algumas dificuldades pelo meio, que colocarão à prova os sprinters mesmo antes das chegadas rápidas.

A Volta a Portugal não começou da melhor forma, mas vai para a estrada pelo bem do ciclismo e dos que o praticam de forma limpa a correcta.

As investigações que a Polícia Judiciária levou a cabo durante o ano, culminaram no afastamento da equipa W52 Fc Porto pela da União Ciclista Internacional UCI, e poucos dias antes do início da corrida novas buscas ditaram o afastamento de alguns ciclistas de equipas como a Efapel e R.P. Boavista.

Perante este cenário, que não se pode ignorar, a organização da Volta a Portugal emitiu um comunicado explicando porquê, apesar destes acontecimentos, se realizará o evento nos moldes que estavam previstos.

Comunicado da organização da Volta a Portugal:

A organização da Volta a Portugal em Bicicleta tem acompanhado os desenvolvimentos que têm vindo a público sobre ações levadas a cabo pela Polícia Judiciária e pela Adop, Autoridade Antidopagem de Portugal, junto de algumas equipas profissionais de ciclismo.

Desde a primeira hora, a Podium, empresa que organiza a principal corrida do calendário velocipédico nacional, em defesa da verdade desportiva, constitui-se parte da Comissão de Estrada promovida pela Federação Portuguesa de Ciclismo, a qual emanou um protocolo destinado à autorregulação da comunidade profissional portuguesa, constituindo um compromisso de todos os agentes envolvidos com as boas práticas desportivas.

Nesse documento, para além das demais obrigações desportivas e perante o compromisso de autorregulação da comunidade, a organização da Volta a Portugal comprometeu-se também a convidar todas as equipas profissionais portuguesas para participarem na prova.

Sem prejuízo deste compromisso, a Podium que não pode atuar nestes casos no tempo dos media, aguarda e age apenas perante decisões e resoluções das entidades que superintendem a justiça desportiva.

Ainda que alguns corredores e uma equipa tenham sido, entretanto, visados por essas decisões, estas incidem exclusivamente sobre si próprios e sobre a sua atividade desportiva anual e futura pelo que a Volta a Portugal, lamentando, mantém o compromisso de prosseguir com aqueles que nada têm a ver com esses casos e que se mantêm incólumes na forma como praticam o seu desporto de eleição que também é a sua atividade profissional e sustento financeiro.

A Podium mantém-se concentrada em colocar na estrada mais uma grandiosa edição da Volta que terá início esta quinta-feira, 4 de agosto, em Lisboa. Temos a certeza que durante quase duas semanas, como sempre acontece no verão, o país continuará a viver de forma apaixonada e debruçado sobre a estrada as intrépidas aventuras dos heróis de bicicleta. A 83a Volta a Portugal Continente assinala os 95 anos de história da nossa Volta.

Fim de comunicado

83.ª Volta a Portugal Continente

Desta forma, amanhã terá início em Lisboa a 83.ª Volta a Portugal, este ano com novo “branding name”, sendo que o Continente substitui o Santander como patrocinador principal.

Entre a Praça do Império, em Lisboa, e a Marginal de Gaia com uma incursão em Espanha e jornada de descanso em Viseu, serão percorridos 1559,7 quilómetros divididos entre o Prólogo e as 10 etapas. Esta vai ser a 83ª Volta a Portugal Continente.

Com a ausência da equipa W52 Fc Porto, a equipa que na ultima edição lutou pela vitória até à ultima etapa chega inevitavelmente como uma das favoritas, a antiga Efapel, estrutura e equipa que agora têm a denominação de Glassdrive – Q8 – Anicolor.

Este ano a equipa Glassdrive – Q8 – Anicolor venceu o GP Internacional Torres Vedras – Trofeu Joaquim Agostinho, mas não terá a tarefa facilitada pelas restantes equipas.

As etapas

  • Prólogo: Lisboa – Lisboa – 5,4 kms. (CRI) – 4 agosto
  • 1.ª Etapa: Vila Franca de Xira – Elvas – 193,7 kms. – 5 agosto
  • 2.ª Etapa: Badajoz – Castelo Branco – 181,5 kms. – 6 agosto
  • 3.ª Etapa: Sertã – Covilhã (Torre) – 159 kms. – 7 agosto
  • 4.ª Etapa: Guarda – Viseu – 159,1 kms. – 8 agosto
  • Dia de descanso: 9 agosto
  • 5.ª Etapa: Mealhada – Miranda do Corvo (obs. Vila Nova) – 165,7 kms. – 10 agosto
  • 6.ª Etapa: Águeda – Maia – 159,9 kms. – 11 agosto
  • 7.ª Etapa: Santo Tirso – Braga – 150,1 kms. – 12 agosto
  • 8.ª Etapa: Viana do Castelo – Fafe – 182,4 kms. – 13 agosto
  • 9.ª Etapa: Paredes – Mondim de Basto – 174,5 kms. – 14 agosto
  • 10.ª Etapa: Porto – Vila Nova de Gaia – 18,6 kms. (CRI) – 15 agosto

Prólogo – 5,4km. – 5mts. D+

Tudo começa com uma luta contra o cronómetro, um prólogo de 5,4 quilómetros em Lisboa.

Etapa 1 – 193,7 kms. – 1668mts. D+

Metas Volantes:

  • 56,6km – Vendas Novas
  • 102km – Arraiolos
  • 182,6km – Elvas

Prémios de Montanha:

  • 79,7km (4ª categoria) – Montemor
  • 172,8km (4ª categoria) – Vila Boim

Etapa 2 – 181,5km. – 2122mts. D+

Metas Volantes:

  • 14,3km – Campo Maior
  • 83,5km – Portalegre
  • 151,7km – Vila Velha de Rodão

Prémios de Montanha:

  • 91,1km (3ª categoria) – Monte Paleiros
  • 145,5km (3ª categoria) – Serra de S. Miguel
  • 168,3km (3ª categoria) – Retaxo

Etapa 3 – 159km. – 4241mts. D+

Metas Volantes:

  • 46,6km – Oleiros
  • 119km – Fundão
  • 138,8km – Covilhã

Prémios de Montanha:

  • 40km (2ª categoria) – Serra de Alvelos
  • 60,8km (4ª categoria)
  • 72,7km (3ª categoria) – Orvalho
  • 159km (categoria especial) – Covilhã (Torre)

Etapa 4 – 169,1km. – 1972mts. D+

Metas Volantes:

  • 29,2km – Pinhel
  • 108,2km – Sernancelhe
  • 147,7km – Satão

Prémios de Montanha:

  • 56,3km (3 categoria) – Broca
  • 90,2km (4ª categoria) – Penedono
  • 123,8km (4ª categoria) – Aguiar da Beira

Dia de descanso

No dia de descanso dos profissionais, decorre a 15ª Edição da Etapa da Volta Brisa RTP, um evento de cicloturismo no qual são convidados todos os amantes do ciclismo a viver a experiência do pelotão da Volta utilizando as mesmas estruturas de Partida e Chegada e carros de apoio.

O percurso desenhado à medida dos não profissionais terá uma distância de 90 quilómetros passando nos melhores cenários da região de Viseu.

Etapa 5 – 165,7km. – 2541mts. D+

Metas Volantes:

  • 29,6km – Cantanhede
  • 90,8km – Condeixa-a-Nova
  • 142,2km – Lousã

Prémios de Montanha:

  • 113,9km (4ª categoria) – Miranda do Corvo
  • 165,7km (1ª categoria) – Miranda do Corvo, Observatório de Vila Nova

Etapa 6 – 159,9km. – 2222mts. D+

Metas Volantes:

  • 59,1km – Oliveira de Azeméis
  • 76,9km – Santa Maria da Feira
  • 122,5km – Gondomar

Prémios de Montanha:

  • 81,3km (4ª categoria) – Santa Maria da Feira
  • 129,1km (3ª categoria) – Serra de Santa Justa

Etapa 7 – 150,1km. – 1668mts. D+

Metas Volantes:

  • 28km – Póvoa de Varzim
  • 46,6km – Esposende
  • 98,5km – Ponte de Lima

Prémios de Montanha:

  • 70,9km (4ª categoria) – Vila Franca
  • 141,6km (2ª categoria) – Sameiro

Etapa 8 – 182,4 km. – 2305mts. D+

Metas Volantes:

  • 45,2km – Valença
  • 102,3km – Ponte da Barca
  • 151,1km – Póvoa de Lanhoso

Prémios de Montanha:

  • 80km (3ª categoria) – Extremo
  • 113,1km (3ª categoria) – Portela do Vade
  • 147,3km (4ª categoria) – Geraz do Minho
  • 177,8km (4ª categoria) – Golães

Etapa 9 – 174,5km. – 3935mts. D+

Metas Volantes:

  • 31,2km – Paredes
  • 66,8km – Amarante
  • 162,8km – Mondim de Basto

Prémios de Montanha:

  • 11,6km (4ª categoria)
  • 96,7km (1ª categoria) – Serra do Marão
  • 112,1km (4ª categoria) – Velão
  • 133,4km (1ª categoria) – Barreiro
  • 174,5km (1ª categoria) – Mondim de Basto

Contrarrelógio individual – 18,6km. – 391mts. D+

As equipas

Na edição da Volta a Portugal 2022 o pelotão será formado por 18 equipas. Cada formação pode alinhar com um máximo de sete corredores. O pelotão será formado por cerca de 126 ciclistas.

Start List

CAJA RURAL-SEGUROS RGA (ESP)

DorsalNome
1GARCIA Jhojan 
CALLE HURTADO Juan  Fernando
JOHNSTON Calum 
PIRA PARADA Yesid 
MURGUIALDAY Jokin 
LOPEZ DE ABETXUKO  JIMENEZ Andoni
LOPEZ CUESTA Joseba 

HUMAN POWERED HEALTH (USA)

Dorsal Nome 
11 CARPENTER Robin 
12 DE VOS Adam 
13 HECHT Gage 
14 MURPHY Kyle 
15 ROSSKOPF Joseph 
16 SWIRBUL Keegan 
17 MANNION Gavin 

BURGOS – BH (ESP)

Dorsal Nome 
21 LOPEZ-COZAR Juan 
22 APARICIO Mario 
23 PELEGRI Oscar 
24 LANGELLOTTI Victor 
25 MORENO Adria 
26 SANCHEZ Pelayo 
27 MOLENAAR Alexander 

EUSKALTEL – EUSKADI (ESP)

DorsalNome 
31 LOBATO Juan Jose 
32 CUADRADO Unai 
33 JUARISTI Txomin 
34 GOIKOETXEA Peio 
35 ETXEBERRIA Asier 
36 IRIBAR Unai 
37 ISASA Xabier 

WILDLIFE GENERATION PRO  CYCLING (USA)

Dorsal Nome 
41 TVETCOV Serghei 
42 ORKEN Ahmet 
43 CLARKE Jonathan 
44 GRANIGAN Noah 
45 MCGILL Scott 
46 MCGEOUGH Cormac 
47 CASTILLO Ulises 

JAVA KIWI ATLANTICO (VEN)

Dorsal Nome 
51 CANELLAS Xavier 
52 GONZALEZ Roberto 
53 GASPARINI Alessio 
54 ARVANITOU Nikiforos 
55 TORRES Edwin 
56 ISHIHARA Yuki 
57 CONTAL Louis 

GLASSDRIVE / Q8 / ANICOLOR  (POR)

DorsalNome 
61 FIGUEIREDO Frederico 
62 CARVALHO António 
63 COSTA Fábio 
64 MORENO Javier 
65 MENDONÇA Luís 
66 REIS Rafael 
67 MOREIRA Mauricio 

TRINITY RACING (GBR)

DorsalNome 
71 REES Oliver 
72 TURNBULL Carter 
73 WALKER Max 
74 ROESEMS Siebe 
75 GOMEZ Camilo 
76 NERURKAR Lukas 
77 BROWNING Fergus 

EFAPEL CYCLING (POR)

DorsalNome 
81 SILVA Joaquim 
82 ANTUNES Tiago 
83 BENTA João 
84 GUERREIRO Francisco 
85 CASIMIRO Henrique 
86 GONÇALVES Gaspar 
87SILVA Rafael

TAVFER-MORTÁGUA-OVOS  MATINADOS (POR) 

DorsalNome 
91 SILVA Bruno 
92 MATIAS João 
93 BARBIO António 
94 CARVALHO Gonçalo 
95 AMADO Gonçalo 
96 SANCHEZ Angel 
97LINAREZ Leangel

KELLY / SIMOLDES / UDO (POR)

Dorsal Nome 
101 FONTE César 
102 GOMES Luís 
103 SILVA Afonso 
104 BUSTAMANTE Adrian 
105 FERREIRA António 
106 GONÇALVES Hélder 
107LEAL Tiago

ELECTRO HIPER EUROPA – CALDAS (COL)

DorsalNome
111 GUERRERO Juan  Esteban
112 ALONSO Pablo 
113 JURADO Marcos 
114 ESTELRICH Mateu 
115 GARCIA Jose Maria 
116GUTIERREZ Heberth
117ARMSTRONG Thomas

RADIO POPULAR – PAREDES – BOAVISTA (POR)

DorsalNome 
121 MACHADO Tiago 
122 GARCIA Guillermo
123 FERNANDES Luís 
124 NUNES Hugo 
125 HERNAIZ Vicente 
126 GALLEGO Alberto 
127 MARTINGIL César 

ATUM GENERAL/TAVIRA/AP MARIA NOVA HOTEL (POR)

Dorsal Nome 
131 MARQUE Alejandro 
132 FERNANDEZ Delio 
133 LIVRAMENTO David 
134 LOURENÇO Rafael 
135 DUARTE Emanuel 
136 TRUEBA Alvaro 
137 GRIGOREV Aleksandr 

ABTF BETÃO – FEIRENSE (POR)

Dorsal Nome 
141 CARDOSO André 
142 OLIVEIRA Fábio 
143 ISIDORO Micael 
144 PINHEIRO Ivo 
145 MANAKOV Viktor 
146 FERNANDES Venceslau 
147 BARBOSA Márcio 

AVILUDO – LOULETANO – LOULÉ  CONCELHO (POR)

DorsalNome 
151 DE MATEOS Vicente 
152 OYARZÚN Carlos 
153 DEL PINO Jesus 
154 MENDES José 
155 MEIRELES Nuno 
156 CONTTE Tomas 
157 RODRIGUES Rui 

L.A. ALUMÍNIOS / CREDIBOM /  MARCOS CAR (POR) 

Dorsal Nome 
161 RAMALHO André 
162 LEAÇA Gonçalo 
163 MEDEIROS João 
164 CAIXAS Rodrigo 
165 MACEDO João 
166 MARQUES Francisco 
167 SIMÃO Rúben 

BAI SICASAL PETRO DE LUANDA  (ANG)

Dorsal Nome 
171 SILVA Igor 
172 TUTO Cruz 
173 RATO CASTRILLO Mauro 
174 MARIN ARAGON Jose 
175 MUJIKA LARRAIOTZ Mikel 
176 ALVAREZ ARRIOLA Imanol 
177 MILER Barry 

As camisolas correspondentes às várias classificações

O amarelo é sempre uma cor em destaque no pelotão da Volta a Portugal. É a cor do líder que veste a Amarela Continente, símbolo de supremacia na classificação geral individual. É entregue, todos os dias, ao corredor que menos tempo totalizar no conjunto das etapas.

Mas a paleta de cores no ciclismo é sempre diversificada e no total estão em discussão quatro camisolas.

Camisola Verde Rubis Gás destaca o ciclista mais regular e o homem que nas Chegadas e nas Metas Volantes conseguir somar o maior número de pontos e por isso será o líder da classificação por pontos.                                                                                                                    

Camisola das Bolinhas. A Europcar associa-se ao símbolo que destaca o Rei dos Trepadores, o corredor que mais pontos somar nas várias contagens de Montanha.

Camisola Branca Jogos Santa Casa está reservada para o Prémio da Juventude, ou seja, para o atleta da categoria Sub23 melhor classificado.

Transmissão

Para acompanhar a partir de quinta-feira, todos os dias na RTP1.

Todos os dias faremos pequenos resumos, com as classificações, após as etapas, fica atento ao nosso site.

Fontes: Federação Portuguesa de Ciclismo , Organização da Volta a Portugal.

Fotografia: Volta a Portugal

Por: Luís Beltrão

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Vuelta a Espanha 2022 – Guia Topcycling.pt

Vuelta a Espanha 2022 – Guia Topcycling.pt

A Trek lançou as novas rodas de montanha Kovee XC

A Trek lançou as novas rodas de montanha Kovee XC

Volta a Portugal 2022 – Etapa 10

Volta a Portugal 2022 – Etapa 10

Volta a Portugal 2022 – Etapa 9

Volta a Portugal 2022 – Etapa 9

6 Comments

  1. Para quando a transmissão na integra. É como ver-mos, só a 2ª. parte do jogo, já com o resultado feito. É enganar o Zé pagante, dar apenas meio rebuçado. Se estamos perante um serviço público, e, o ciclismo e o desporto mais popular.
    Deixo a pergunta no ar – Para quando a transmissão da etapa na integra ?

  2. Pois é os anos passam , continuamos na mesma … fazemos um arraial de musica pimba …. puf puf já farta , para quando o servico público…. para quando se dignam a transmitir na integra a volta a Portugal ?vamos la RTP se não querem ou faltam meios deixem a transmissão para outros canais .

  3. Andamos a pagar a RTP, e nem temos o direito de assistir às etapas completas, continuamos a andar na rectaguarda da Europa até nisto, somos nós que pagamos, agora reparem se fosse o Estado a fazê-lo, nem o final das etapas transmitiam. Se não têm arcabouço, deixem ser outro canal a fazê-lo.

  4. esta aqui uma boa cobretua da volta, e uma cagada total . enves de dar a volta dao musica rasca.a etapa comeca na guarda e dao reportaguem da covilha, boa treta. nem o arranque vemos, boa tv publica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos