Novo SRAM NX Eagle – Tecnologia Eagle 1X12 ainda mais acessível

Novo SRAM NX Eagle – Tecnologia Eagle 1X12 ainda mais acessível
Além de preço mais baixo o novo Sram NX Eagle tem maior compatibilidade.

O ano passado a marca norte-americana lançou, para o agrado de muitos, o SRAM GX Eagle, tornando a tecnologia 1X12 mais acessível a todos, tendo em conta que tanto o XX, como o XO têm preços bem mais elevados que o GX.

Este ano essa tecnologia ficará ainda mais acessível com o novo NX Eagle, que é muito similar ao GX, mas tem algumas diferenças de realce e que não saltam logo à vista.

Além de ter um preço mais baixo, o NX terá a particularidade de poder ser usado com um cepo normal Shimano em vez do “XD” da SRAM obrigatório no caso dos grupos GX, XO e XX.

À esquerda o sistema XD da Sram para 12 vel., à direita Shimano 11vel.

E porquê pode ser usado com um cepo normal Shimano?

Aqui vem a segunda particularidade do NX, que é o facto da sua relação de carretos, começar num carreto de 11 dentes seja qual for a cassete deste grupo, e isto é que permite que o mesmo seja utilizado com cepo Shimano “tradicional”.

A cassete do NX Eagle, relação 11-50 dentes.

Por um lado, este “pequeno grande pormenor” (carreto mais pequeno ter 11 dentes) pode fazer diferença na hora de escolher o prato a utilizar, ou no que respeita ao rácio de mudanças poderá não compensar em relação ao 1X11, vai depender dos objectivos e tipo BTT que cada um faz.

Por outro lado a questão da cassete ser compatível com os cepos de 8, 9, e 10 velocidades, ao contrário dos outros grupos Eagle, poderá não fazer diferença para alguns e permitirá  fazer o “upgrade” para 1X12 de uma forma menos dispendiosa, sem trocar o cepo.

Além disto, o novo GX é compatível com toda a outra tecnologia Eagle, e a palavra compatibilidade “é música para os ouvidos do ciclista”, pois permite comprar peças mais baratas de um grupo e fazer um “MIX” com a parte que  interessa dos grupos mais caros (nomeadamente a cassete e o cepo para ter o carreto de 10 dentes por exemplo).

No que respeita ao peso, falando do grupo completo pesará mais 302 gr. que o GX Eagle (2049 gr. em vez das 1747 gr.).

O preço rondará os 325€ para o grupo completo (preço não confirmado).

A Sram responde desta forma ao ultimo lançamento da Shimano (XTR 1X12), usufruindo da vantagem de ter esta tecnologia há mais tempo, tornando-a cada vez mais acessível e compatível.

Se valerá a pena cabe a cada um avaliar, se tivermos hipótese de experimentar e testar um , passaremos a nossa opinião para facilitar a tua escolha.

 

Luís Beltrão

Mr.B.

 

 

 

 

Noticias relacionadas

A Specialized lançou NOVOS quadros Chisel LTD. Artist Series

A Specialized lançou NOVOS quadros Chisel LTD. Artist Series

NOVA bolsa Bontrager Rapid Pack Hydro

NOVA bolsa Bontrager Rapid Pack Hydro

NOVAS bolsas Pro bike gear para bikepacking

NOVAS bolsas Pro bike gear para bikepacking

Portugal recebe 21 Países da elite Mundial da Orientação em BTT

Portugal recebe 21 Países da elite Mundial da Orientação em BTT

1 Comment

  1. Mais um tiro no porta-aviões – para quem se lembra ainda do jogo da batalha naval – da Shimano!
    A Sunrace já tinha cassete de 12 velocidades 11-50, mas acredito que a Sram vá vender muito mais desta maneira.
    Entretanto, a Shimano só deixa ser a DT Swiss a fazer cepos para o novo XTR de 12v – não sei se ria ou chore 🙁
    Ainda outra coisa: o escalonamento desta nova cassete Sram responde às criticas de quem achava os saltos da cassete 10-50 muito grandes – do carreto 12 para 10, por exemplo. Viva a concorrência!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos