Giro de Itália – Resumo etapa 9

Giro de Itália – Resumo etapa 9

Etapa com um daqueles finais memoráveis hoje no Giro de Itália, Egan Bernal (Ineos Grenadiers) venceu a etapa 9 com um ataque explosivo na íngreme subida de terra batida em Campo Felice.

O colombiano da Ineos meteu “a talega” (prato grande) a cerca de 500 mts. da meta e deixou todos “colados ao chão”, tornando-se assim o novo líder da classificação geral (CG) do Giro de Itália.

Giulio Ciccone (Trek-Segafredo) e Alexander Vlasov (Astana-Premier Tech) terminaram segundo e terceiro, respectivamente, enquanto Remo Evenepoel (Deceuninck-QuickStep) cortou a meta em quarto, mantendo a segunda posição na CG.

Daniel Martin (Israel Start-Up Nation) terminou ao lado de Evenepoel, e alguns segundos atrás deles veio outro grupo com muitos dos favoritos à CG, com Simon Yates (Team BikeExchange), Hugh Carthy (EF Education-Nippo), Romain Bardet (Equipe DSM) e Damiano Caruso (Bahrain Victorious).

Rúben Guerreiro tentou a sua sorte, esteve num dos grupos da fuga mas acabou por ser alcançado (subiu lugares na geral e é agora 25.º).

João Almeida esteve irrepreensível na ajuda a Remco Evenepoel, sempre na frente do grupo dos favoritos e terminou a etapa no TOP 10, o que lhe valeu nova subida na CG (é agora 23.º), enquanto Nelson Oliveira é 37.º da geral, lembrando sempre que dadas as circunstâncias a classificação geral não é o objetivo de nenhum dos ciclistas portugueses nesta altura.

Final da primeira semana

Vamos para a segunda semana de corrida com a classificação geral completamente aberta, esperando-se ainda muita emoção.

Egan Bernal mostra que está de volta, voltou a ser o ciclista ofensivo e que faz diferenças como quando venceu o Tour em 2019, tem equipa para o proteger e tem a experiência de já ter vencido uma grande volta, mas para vencer o Giro ele tem que chegar ao contra-relógio final, no mínimo, com 1 minuto e meio de vantagem para Remco Evenepoel, que se tem mantido discreto mas está em segundo a somente 15 segundos de Bernal.

Bernal e Evenepoel assumem-se para já como os principais candidatos, mas não se pode descartar Vlasov que está a 21 segundos e a Astana é uma equipa com experiência.

TOP 10 da etapa

Pos.NomeEquipaTempo
1BERNAL EganINEOS Grenadiers4:08:23
2CICCONE GiulioTrek – Segafredo0:07
3VLASOV AleksandrAstana – Premier Tech0:07
4EVENEPOEL RemcoDeceuninck – Quick Step0:10
5MARTIN DanIsrael Start-Up Nation0:10
6CARUSO DamianoBahrain – Victorious0:12
7BARDET RomainTeam DSM0:12
8SOLER MarcMovistar Team0:12
9MARTÍNEZ Daniel FelipeINEOS Grenadiers0:12
10ALMEIDA JoãoDeceuninck – Quick Step0:12

TOP 10 Classificação geral após etapa 9

Pos.NomeEquipaTempo
1BERNAL EganINEOS Grenadiers35:19:22
2EVENEPOEL RemcoDeceuninck – Quick Step0:15
3VLASOV AleksandrAstana – Premier Tech0:21
4CICCONE GiulioTrek – Segafredo0:36
5VALTER AttilaGroupama – FDJ0:43
6CARTHY HughEF Education – Nippo0:44
7CARUSO DamianoBahrain – Victorious0:45
8MARTIN DanIsrael Start-Up Nation0:51
9YATES SimonTeam BikeExchange0:55
10FORMOLO DavideUAE-Team Emirates1:01

Vídeo resumo da etapa

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Mercado – As transferências no pelotão World Tour para 2022

Mercado – As transferências no pelotão World Tour para 2022

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual feminina

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual feminina

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual

João Almeida venceu a Volta ao Luxemburgo

João Almeida venceu a Volta ao Luxemburgo

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos