Giro de Itália – Resumo etapa 11

Giro de Itália – Resumo etapa 11

O “sterrato” (terra batida) não é para todos, e as equipas sabem disso. A Ineos e Egan Bernal começaram a preparar o Giro de Itália muitos meses antes da corrida (como outros), a diferença é que estes preparam-no com mais pormenor, participando por exemplo na Strade Bianche em Março deste ano, corrida na qual João Almeida também participou (provavelmente por ser na altura o líder da Deceuninck quick-Step para o Giro).

Certo é que em dois dias de “sterrato”, no primeiro (somente um sector de 1,5 km’s.) Egan Bernal saltou para a liderança do Giro, no segundo dia (hoje), deixa o seu principal adversário a mais de 2 minutos na classificação geral.

Hoje assistimos a uma das etapas mais entretidas e espetaculares dos últimos anos em grande voltas, com a Ineos e Egan Bernal a fazerem uma exibição de outro mundo, mas acima de tudo vimos um grande espetáculo de ciclismo, que recordaremos certamente por uns tempos.

Remco Evenepoel (Deceuninck-QuickStep), segundo da geral no início do dia, teve um dia mau no sectores de terra batida, o jovem de 21 anos foi “descarregado” no terceiro sector a 25 km’. do fim, tendo a certa altura retirado o seu auricular tal era a frustração, numa fase em que João Almeida ainda não estava junto dele para ajudar.

Ajuda que acabou por surgir por parte de João Almeida, evitando que a perda de tempo fosse maior, ainda assim Remco Evenepoel termina 26.º no dia de hoje, e está a 2:21 de Bernal na Classificação Geral.

À margem de tudo isto, havia uma etapa para disputar pelos homens da fuga, da qual restaram na frente Mauro Schmid (Qhubeka-Assos) e Alessandro Covi (UAE – Team Emirates), tendo vencido a sprintar nos últimos 200 mts. Mauro Schmid.

O jovem suíço venceu a etapa 11 do Giro de Itália 2021, conseguindo assim a sua maior vitória como profissional.

Destaque ainda para Rúben Guerreiro e Nelson Oliveira, ambos fizeram uma etapa soberba ajudando os seus líderes, podemos dizer que “somos os reis da gravilha”, todos os portugueses estiveram soberbos hoje. O ritmo que Rúben Guerreiro colocou nos últimos sectores foi o que fez alargar a diferença do grupo de Bernal para Remco Evenepoel.

TOP 10 da etapa

Pos.NomeEquipaTempo
1SCHMID MauroTeam Qhubeka ASSOS4:01:55
2COVI AlessandroUAE-Team Emirates0:01
3VANHOUCKE HarmLotto Soudal0:26
4DE BONDT DriesAlpecin-Fenix0:41
5GUGLIELMI SimonGroupama – FDJ0:41
6BATTAGLIN EnricoBardiani-CSF-Faizanè0:44
7KLUGE RogerLotto Soudal1:23
8GAVAZZI FrancescoEOLO-Kometa1:37
9VAN DER HOORN TacoIntermarché – Wanty – Gobert Matériaux1:43
10NAESEN LawrenceAG2R Citroën Team1:59

TOP 10 da classificação geral após etapa 11

Pos.NomeEquipaTempo
1BERNAL EganINEOS Grenadiers42:35:21
2VLASOV AleksandrAstana – Premier Tech0:45
3CARUSO DamianoBahrain – Victorious1:12
4CARTHY HughEF Education – Nippo1:17
5YATES SimonTeam BikeExchange1:22
6BUCHMANN EmanuelBORA – hansgrohe1:50
7EVENEPOEL RemcoDeceuninck – Quick Step2:22
8CICCONE GiulioTrek – Segafredo2:24
9FOSS TobiasTeam Jumbo-Visma2:49
10MARTÍNEZ Daniel FelipeINEOS Grenadiers3:15

Vídeo resumo da etapa

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Mercado – As transferências no pelotão World Tour para 2022

Mercado – As transferências no pelotão World Tour para 2022

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual feminina

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual feminina

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual

Campeonatos do Mundo – Prova de contrarrelógio individual

João Almeida venceu a Volta ao Luxemburgo

João Almeida venceu a Volta ao Luxemburgo

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos