A Trek Emonda SLR de Tony Gallopin

A Trek Emonda SLR de Tony Gallopin

O experiente ciclista francês Tony Gallopin, vencedor de etapas no Tour e na Vuelta, está a fazer este ano a sua estreia na equipa Trek-Segafredo, tendo estado presente na Volta ao Algarve. Nós tivemos na mão a sua Trek Emonda SLR.

A Trek Emonda SLR de Tony Gallopin

Acerca do modelo desta bicicleta, foi apresentado pela primeira vez em 2014, a Emonda sempre foi a principal bicicleta “escaladora” da Trek, com o foco no baixo peso e alta rigidez.

Versão 2021

O mercado foi ditando que este tipo de bicicletas também tivessem características aerodinâmicas, e como tal a actual versão da Emonda, que foi lançada em 2021 é uma bicicleta leve, rígida e com pormenores aero no quadro.

A equipa Trek-Segafredo utiliza componentes Sram para equipar todas as suas bicicletas, desde a transmissão à travagem, tudo fica a cargo da gama Sram Red, sendo a transmissão electrónica de 12 velocidades.

A Trek Emonda SLR de Tony Gallopin tinha montados pratos 52/39 no dia da etapa com final no alto da Fóia. A equipa utiliza ainda pratos 54/41 para etapas onde seja necessária maior velocidade que o normal (etapas planas), ou 50/37 em etapas de montanha bastante duras.

A cassete montada no mesmo dia, era uma era uma 10/33. Segundo informação da equipa esta é a cassete montada normalmente, sendo que por vezes podem utilizar também 10/30.

A Trek-Segafredo utiliza rodas Bontrager (marca de componentes da Trek), que no caso da Emonda de Tony Gallopin são as rodas Bontrager Aeolus RSL 51, com um perfil de 51mm.

Todas as bicicletas têm montados pneus Pirelli, e embora na equipa utilizem tecnologia tubeless e tubular, a Trek Emonda de Gallopin tinha montados os Pirelli P Zero 25mm. tubulares.

Na testa do quadro pode verificar-se o design aero que referimos no início, assim como toda a cablagem que embora esteja oculta, não passa pelo interior avanço, em vez disso, os cabos são presos na parte inferior, o que facilita muito a troca de tamanhos de guiador.

O guiador integral (avanço e guiador integrados), é um belíssimo Bontrager Aeolus RSL VR-C, que caso estejas a pensar em adquirir, tem o preço de 714,99 €.

Este permite a montagem de acessórios na parte dianteira, como o suporte do dispositivo de treino K-Edge utilizado pela equipa Trek-Segafredo.

Pode ver-se ainda o pormenor com o apontamento dos pontos chave da etapa 2 da Volta ao Algarve, com final no alto da Fóia, que serve para o ciclista se ir situando e comparando com os dados fornecidos pelo dispositivo GPS.

Algo que verificámos, foi que praticamente todas as equipas do World Tour hoje em dia têm instalado um guia de corrente e a Trek-Segafredo não é excepção, a diferença é que nesta Trek Emonda o guia de corrente vem de série, para evitar que a corrente salte do prato pequeno para o quadro.

Ficar para trás por saltar a corrente numa corrida pode significar o final de muito trabalho planeado previamente.

Além dos treinos diários, os ciclistas profissionais passam muitas horas em cima da bicicleta em corrida, pelo que os pontos de contacto com a bicicleta são de extrema importância, pois se existe desconforto o ciclista não consegue ter rendimento.

Um dos pontos de contacto mais importantes é o selim, e a Trek-Segafredo utiliza selins Bontrager.

A escolha de Tony Gallopin é curiosamente o Bontrager Arvada pro, um selim versátil que pode ser utilizado tanto em estrada como em BTT, e apesar de não ter abertura total no centro, reduz a pressão nos tecidos sensíveis graças a um recorte estratégico na estrutura do selim.

A Trek Emonda SLR igual à de Tony Gallopin e da equipa Trek-Segafredo tem o preço de 13.099,00 €, e podes ver todas as especificações técnicas deste modelo em www.trekbikes.com/pt

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Ciclismo no Eurosport nos próximos dias

Ciclismo no Eurosport nos próximos dias

Remco Evenepoel na INEOS. Rumor ou realidade?

Remco Evenepoel na INEOS. Rumor ou realidade?

Nibali e Valverde despedem-se na Lombardia

Nibali e Valverde despedem-se na Lombardia

Jonas Vingegaard afasta fantasmas

Jonas Vingegaard afasta fantasmas

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos