11.ª Taça do Mundo de Ciclocrosse – Namur

11.ª Taça do Mundo de Ciclocrosse – Namur

Namur é uma ronda icónica da Taça do Mundo de ciclocrosse, uma corrida particularmente dura e que proporciona espetáculo na cidadela de Namur, Bélgica.

Corrida Masculina

Hoje foi o dia de Michael Vanthourenhout, aquele que habitualmente é o “escudeiro” de Eli Iserbyt tem estado um grande plano nesta temporada, hoje assumiu o papel de líder e não decepcionou.

Numa longa batalha, ele conseguiu livrar-se do favorito Tom Pidcock na volta 5, depois de alguns erros deste ultimo nos sectores escorregadios do circuito de Namur.

Este é um circuito no qual Toon Aerts (Baloise Trek Lions) costuma dar-se bem, e foi ele que se colocou na frente da corrida nas primeiras voltas, com Tom Pidcock (Ineos Grenadiers), vindo de trás, a conseguir a ligação com a frente da corrida só à quarta volta.

Aerts acabaria por se ver afastado da luta pela vitória após um erro na zona técnica de barro e um pneu furado , deixando a luta entregue ao campeão britânico Pidcock (Ineos – Grenadiers) e a Michael Vanthourenhout (Pauwels Sauzen – Bingoal).

Por um momentos parecia que a história de ontem (corrida de Rucphen) se iria repetir, com uma vitória de Tom Pidcock, mas este acabou por cometer alguns erros nas zonas técnicas, e Vanthourenhout continuou a fazer uma corrida sólida, sem erros nem quebras no ritmo, aumentando a vantagem sobre o britânico nas ultimas duas voltas.

Desta forma Michael Vanthourenhout cruzou a linha de meta em Namur, de lágrimas nos olhos, vencendo a 11ª ronda da Taça do Mundo de Ciclocrosse. Tom Pidcock terminou em segundo a 36 segundos, seguido de Toon Aerts a 51 segundos.

TOP 5 da corrida

1. Michael Vanthourenhout (Pauwels Sauzen-Bingoal): 59.28
2. Tom Pidcock (Ineos Grenadiers): +:36
3. Toon Aerts (Trek Baloise Lions): +:51
4. Quinten Hermans (Tormans Circus): +1:38
5. Eli Iserbyt (Pauwels Sauzen-Bingoal): +2:01

Corrida Feminina

Apesar de ontem não conseguir bater Marianne Vos nos últimos metros da corrida de Rucphen, hoje a campeã do mundo Lucinda Brand teve um desempenho avassalador, vencendo isolada em Namur.

Denise Betsema (Pauwels Sauzen-Bingoal), tal como ontem, voltou a apresentar-se a bom nível e juntamente com Lucinda Brand (Baloise Trek Lions) conseguiram destacar-se das restantes ainda na primeira volta.

Hoje Lucinda Brand não queria surpresas no final, continuou com um ritmo muito forte e acabou por distanciar Betsema, colocando-se com uma vantagem de 6 segundos, e mesmo com o cansaço passar das voltas e com alguns erros pelo meio, essa vantagem foi crescendo.

Apesar do esforço, Betsema não conseguiu apanhar Brand e acabou por finalizar no segundo lugar.

A jovem Puck Pieterse, líder da classificação geral, voltou a afazer uma corrida muito regular, colocando-se na terceira posição e acabando por fazer quase toda a corrida sozinha, garantido o terceiro lugar do pódio.

Resumo em vídeo

TOP 5 da corrida

1. Lucinda Brand (Trek Baloise Lions): +53:07
2. Denise Betsema (Pauwels Sauzen-Bingoal): +:20
3. Puck Pieterse (Alpecin Fenix): +1:16
4. Fem van Empel (Pauwels Sauzen-Bingoal): +1:31
5. Ceylin del Carmen Alvarado (Alpecin Fenix): +1:34

Subscreve a newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do TopCycling.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Instagram , Twitter , e Facebook.

Noticias relacionadas

Egan Bernal continua nos cuidados intensivos, após cirurgia

Egan Bernal continua nos cuidados intensivos, após cirurgia

Ivo e Rui Oliveira alcançam vitória na prova de madison

Ivo e Rui Oliveira alcançam vitória na prova de madison

Egan Bernal sofre acidente durante treino

Egan Bernal sofre acidente durante treino

15.ª Taça do Mundo de Ciclocrosse – Hoogerheide

15.ª Taça do Mundo de Ciclocrosse – Hoogerheide

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a Newsletter

* Preenchimento necesssário

Escolha a newslwtter que pretende receber:

Categorias de Artigos